Nosso Senhor volta a castigar São Paulo

Alagados

Quando Deus apontou a província de São Paulo ao anjo da morte e disse-lhe: vá e alague toda a terra, os nossos pecados começaram a ser lavados pelas águas sagradas que caem dos céus, pois nem em tudo fomos fiéis aos homens bons bandeirantes escolhidos para nos liderarem. Milhões sequer votaram no candidato ungido por São Josemaría Balaguer ou no Almirante do Tietê. Nada podemos fazer agora senão rezarmos implorando o perdão divino para que cessem as chuvas torrenciais, pois contra esse flagelo pluvial de nada adianta as faraônicas obras anti-enchentes e alagamentos feitas pelos governo estadual e municipal nos últimos anos. Só o poder da oração poderá nos salvar agora.

Amaldiçoados são os esquerdistas oportunistas que lançam falsas acusações contra os dirigentes paulistas, culpando-os pelas enchentes na capital, pois fazem da mentira uma arma contra os homens de bem, tentando iludir os incautos para que não enxerguem que as inundações não são de causa humana, mas proveem da ira divina. Todas essas injúrias cairão por água pois a mídia independente e imparcial comprovará que o excesso de chuva é a única causa de todos esses problemas e que somente pela força da oração superaremos tudo isso. Amém.

Facebook Comments
Compartilhar

86 comentários sobre “Nosso Senhor volta a castigar São Paulo

  1. Ora prezados leitores,

    O que esperar de adolescentes,afinal os jovens em plena puberdade governamental neste estado , estão confusos ,têm apenas 16 anos,e ao darmos
    nosso voto de confiança ,já na maioridade nos surpreenderão com ações generosas e ponderadas,equilibrados e centrados,caso ultrapassem a dolorosa puberdade longe dos vícios que os assediam.
    Tenhamos piedade, e como adultos tentemos encaminha-los àluz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *