Reflexões de final de ano, parte II

Dando prosseguimento às reflexões finalísticas translacionais, abrimos espaço agora para nosso irmão na fé, Joseph Hill.

Nobre Mestre,

O ano que começou com perspectiva brilhante, Ilustrado
terminou como um espelho quebrado.

A revolta que começou nos shoppings,
com nome de água tônica
desaguou nas ruas
sob a repressão da Mônica.

Apesar de marcado pelo 13 da sorte
Neste ano o país ficou na UTI,
à beira da morte.

Barbosa o bom, o gentil o humilde o sagaz,
quase um Franciscano,
para os de Benz
foi o Homem do Ano.

Aécim, alegre, aébrio aéreo,
saiu do ninho,
tomou seu todinho e alçou voo solo,
de helicóptero,
vacilante como um coleóptero
a quem todos duvidaram ser capaz de voar,
teve a audácia ao vampiro desafiar.

O travesso Snowden, revelou que Obama
Adorava espionar uma Dama,
A Alemã e a que passou pela ditadura
Olhando as duas pelo buraco da fechadura.

A compra da Copa das Confederações desmascarada
Pelo sábio Mestre Hari
Rápido e elegante como uma Ferrari

Ao sítio trouxe uma multidão desvairada
De coxinhas e Fabrícios desnorteados
Com a sagacidade literária de um Ara
Que nos brindou com sua obra prima
Um dicionário que é uma joia rara.

Mas do Santo Sictio fugiram em desalento
Correndo das presas do nobre Canino Pulguento

Morvan o Cavaleiro Cibernético
Não cansou de nos lembrar
Neste espaço tão eclético
No rodapé de cada mensagem
Em tão direta linguagem:
DARF, se pagou tem de mostrar.

Tão sancto este sítio pois
Onde abundam os dotes
Só de padres, ao menos dois
O Quevedo e o Iscariotes

No cardápio dos comentaristas
Quão extensa a lista:
Um Cantor em Caldas
Um Faraó redivivo
Um bardo Francês
E outros tantos que vem e vão
Carregando na alma São Serapião.

E se a memória agora não os reconhece
É de me causar espécie
Estarei com memória de ociólogo ?
Que a todos disse, incluindo a Vivi
Esqueçam tudo o que escrevi.

Não, não preciso de psicólogo.
Hospício é lugar d´outrem
De coxinhas de jaleco que cuspiram
Nos Médicos Cubanos que nos invadiram
E de Grandis que esqueceu o trem.

Joseph Hill

Facebook Comments
Compartilhar

25 comentários sobre “Reflexões de final de ano, parte II

  1. Bom dia.

    Senhor@s visitantes e contribuintes inspiracionais do Bunker do Prof. Hariovaldo, o onisciente. O Cafofo Hariováldico é a Taberna do Conhecimento Pós-Quântico, sabe-se d’antanho. Mas o que é mais remarcável é o fato de que, a cada dia que se passa, nestes Ano e Século do Senhor [Mercado], o número de colaboradores aumenta e sempre de modo agregador.

    “… Barbosa o bom, o gentil o humilde o sagaz,
    quase um Franciscano,
    para os de Benz
    foi o Homem do Ano
    .

    “.
    Inspiradíssimo Joseph Hill. Cada um de nós imprime certa característica ao sanctu sítio. Vós sous o Nostradamus daqui, pois sous o Esquadrinhador, o Criador das Quadrinhas, com o diferencial hodierno.
    Bem-vindo sois ao selecto grupo dos conspirad., digo, congregadores da Ordem Hariovaldiana.

    Saudações “Dilma, em 2014, com a Copa, o Marco Civil e Lei dos Meios, o Time do Brasil Ganha a Tríplice Coroa.“.
    Morvan, Usuário Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use Linux.

  2. DZIÉN DOBRY!
    Nestes dias em que se acaba o ano e todas as esperanças petralhas, conforme anunciado pelos homens, mulheres e barangas da Proba Imprensa Gloriosa, refugio-me em minha quinta, na bela Varsóvia, pois aqui não cobram impostos de grandes fortunas, se bem que no EUB nunca precisei apresentar DARF, e faço uma homenagem aquele que estará subindo a rampa em 01/01/2015, se já não estiver muito alto, é claro! Aleluia! Em nome de Jesus…….
    http://youtu.be/op3HZtYb4oo

  3. REFLECTIVO MESTRE PROFESSOR HARI PRADO

    Mestre neste ano que finda, comentado por alguns como terrível, mas que eu considero ter sido bom para nós homens bons e direitos. Afinal, foi graças ao nosso ladino, quer dizer, paladino da justiça, mestre Barbosa Fron Long Beach, que o maior escândalo de corrupção da história deste bananal não ficou impune. É dele, o galardão de maior salafr…digo de maior sábio do ano. Apesar de acontecerem coisas negativas, como do nosso mosqueteiro maior do plenário, òstenes (by Veja), ter sido abatido e deixado para trás para ser comido pelos urubus, no geral foi um ano bom.

    1. Prosseguindo, cabe elogiar as excelentes “quadrinhas” de mestre Joseph, dignas de uma Drummond (sem pixação). Mas o grande homenageado é mesmo Brabosão. Tanto que o tema para o enredo do samba da Gresuh para o carnaval de 2014 terá ele como principal homenageado. Aguardem.
      No mais, plagiando um escriba de Carta Maior (eca!) vale lembrar que para o “mensalão” petista valeu o PRETO NO BRANCO. Agora, para o mensalão mineiro, trensalão tucano e propinoduto ISS/Kassab vai valer CINQUENTA TONS DE CINZA. Alvíssaras mestre “de pequenus”, quer dizer “de grandis”

  4. Amigos,

    Se alguém desejar feliz ano novo para Geraldo é capaz de ouvir em resposta : f.d.se. Tudo por causa que em 2014 vão chegar da Suiça os documentos e contas de tucanos beneficiandos pela esquema Alston Siemens. Vejam a foto do desembargador do Tribunal de Contas do Estado acusado de receber propina para aprovar contratos:
    “Pai, afasta de mim este cálice!”
    file:///home/user/Downloads/mi_2996883675104748.jpg

  5. Cuidado com os votos da blogueira-colunista Hidelgard, a rubra, que entrega e desvenda os rumos e planos que nossos bons trolls do bom braziliam tea-parttramam na rede e na vida, isto é, enviar communisthas e outros seres demoníacos como populisthas, bolivarianos ou socialisthas ao impherno, como tão bem faziam San Pinochet, San Francisco Franco e o Beato Adolpho.
    Não podemos permithir a divulgação assim de nossas táticas de combate electrônico e postherior acção!
    A GENTE NUNCA PERDE POR SER LEGÍTIMO, MAS QUEM CONTA A HISTÓRIA SÃO OS VENCEDORES, NÃO ESQUEÇAM!

  6. O estadão confirma ,ano lastimável para o comercio as vendas de fim de ano cresceram só 5% e as online apenas 41%, graças a essa politica comunista. Bom mesmo foram os ânus dourados FHC onde os comerciantes comemoravam a queda de 2%.

      1. FOLHA DE SÃO PAULO

        26 de dezembro de 2001
        Comércio de São Paulo “festeja” queda de 2% nas vendas

        Para quem esperava uma queda nas vendas de até 5% em relação a 2000, o Natal deste ano foi bom. A avaliação é do presidente da Associação Comercial de São Paulo, Alencar Burti, ao prever que as vendas foram 2% menores do que as registradas no ano passado

  7. TIO HARI
    boas novas!
    inspirado por ÇERRA45,
    o mini prefeito de salvador (guri bão, um dos nossos) vai resolver o problema de transporte daquela capital.
    se pequenino assim ele já é tão experto,
    imagina na copa!!!!!

    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      E não é que o “mini prefeito” playmobil coube certinho no triciclo!

  8. Caro Hill, professor D’Almeida Prado, reflexivos membros da liga pela volta da ethica na política,

    Sim é verdade, o Helicóptero comeu um darf e se transformou em um lindo coleóptero rola bosta nas páginas do PIG, local dos mais modernos contos de Green onde vivem os comentaristas encantados.

    Mas dado o grau de corrupção da grande maioria do povo, que se vende por qualquer bolsa fámilia, atendimento médico ou transporte público nossa única esperança é a volta das manifestações contratudoistoqueaíestá.

    Deus há de nos socorrer e as manisphestacções ocorrerão contra os partidos que aí estão, pelo fim dos postes, pela ethica na política, pela volta das capitanias hereditárias, pelo valor do voto multiplicado pelo valor do darf, ou, para evitar constrangimentos, multiplicado pelo valor das posses e benz (excepto o MST).

    Oremos na virada.

    1. ♫ Imagino que, ao falar em contos de Green, a solene besta esteja se referindo aos irmãos Grimm”. Só podia mesmo ser um coronel… que na certa chegará a general, aquele da musiquinha: “Chegou o General da Banda, ê, ê / Chegou o General da Banda, ê, ah!”

  9. Comoventes versos e brilhante retrospectiva do nosso confrade Joseph Hill. Em um estilo quase jamaicano , em meio às brumas de uma nova era, vem nos alentar com renovadas esperanças para um ano que começa obscuro, onde a frase vergonha de ser brasileiro só poderia vir acompanhada de sua irmã gêmea : imagine na Copa.

    Assim sendo, salve nossa eminente confraria, porque a batalha no ano vindouro é iminente. Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *