O Sol brilha para os homens bons

O sol

Bendito partido que será remido ao caminhar destemido pelas veredas do bem ao lado dos homens bons, sempre fidedignos, ombreados lado-a-lado com nossos irmãos de direito e de fé no combate ao parvo apedeuta, inimigo maior da nação. Unidos e coesos num grande ideal, servindo aos mesmos propósitos nos momentos chaves, iluminados pela imprensa livre e pela emissora da Revolução, haveremos de triunfar contra as forças do mal.

Hoje podemos ver que não estamos sozinhos, que aos nossos se somam os que se libertam dos grilhões bolchevistas do PT, que por serem do bem não titubeiam em se ombrearem com o nossos impolutos varões do PSDB, do DEM e do PPS, demonstrando terem as mesmas qualidades e estarem prontos para seguirem os grandes ideais edificados pelos fundadores da República e encarnados pelo saudoso A. C. Magalhães. Deixem o Sol entrar.

Aleluia.

1 comment for “O Sol brilha para os homens bons

  1. Morvan
    22 de julho de 2012 at 22:55

    Boa noite.

    Mestre Hari, ao exarar: “Unidos e coesos num grande ideal, servindo aos mesmos propósitos nos momentos chaves, iluminados pela imprensa livre e pela emissora da Revolução, haveremos de triunfar contra as forças do mal.” V. Sa. está a cometer um pequeno deslize, que, quiçá pela gramática, sabe-se que V. Maestria não cometeria, conhecedor, pois, dos meandros e escaninhos do idioma de Camões; o meu medo é que a escumalha do PT e dos pagos a soldo dos petrodólares chavistas venham a acusar o Grande Eleitor e Marechal (cabo é coisa de derrotado) eleitoral de D. Serrote de Orleanas e Pragança, o “Ungido”, ao flexionar, matreiramente, a palavra Chaves, favorecendo o inimigo, ou quem sabe, escondendo ato falho, Magister; e vós sabeis o que diz Freud, aquele que não explicava muita coisa, mas deixava sempre um incômodo na cabeça do pensante (vide FHC), sobre o Ato Falho.
    Longe de mim, Magister, duvidar de V. fidelidade quase “Cachorrinho Pulguento” aos nossos ideais, mas, tome cuidado, pois este sacro sítio está, a exemplo de toda a Grande Rede (não, não me refiro à Göebbels, e sim à Internet), infestado de comunas.

    Por São Serapião.
    Em 2012, é Cerra; Vice é Schneider, para construir a Teia dos Homens de Benz.
    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

Deixe uma resposta