Panelaço triunfa: Mulheres boas deram exemplo à Nação

Mulher boníssima dando exemplo ao participar do panelaço com todo vigor, através de sua serviçal

As mulheres boas da nação mostraram a representante da gentalha que ora usurpa o Palácio do Planalto toda a força de mobilização que possuem, colocando em prontidão uma boa parcela dos serviçais em pleno domingo para repercutirem suas panelas contra tudo isso que aí está, inclusive a insubmissão social e a sublevação das classes inferiores. Foi na verdade, um movimento corretivo para mostrar quem é que manda neste país.

Basta de filhas de pedreiros se formando em medicina, porteiros passeando em Nova Iorque, empregada doméstica comprando carro zero, Magazine Luiza explodindo de tanto vender, o tempo da infâmia acabou. Alvíssaras!

 

Facebook Comments Box
Compartilhar

43 thoughts on “Panelaço triunfa: Mulheres boas deram exemplo à Nação

  1. Ungido prophessor D’Almeida Prado, demaes paneleiros

    Sim prophessor phoi hum sucesso, Diuma está morta de medo.

    O problema prophessor é espte mesmo, espta senhora mostrada na phoctographia é huma mulher de sorte, pois a maioria já não tem maes quem bata panelas por eles, por nós. Veja a que ponto chegamos! Já conhecemos panela, cozinha, phalcta d’agoas, caminhão pipa..

  2. Pir…. coror…..cor….cooooooorrrr………..Bum dia procêis tudo. Óia qui eu queru dizê qui num gosti di terem mudado os horaro do jogo do 15 de Pircicaba cum o Parmera. Tá certo qui nóis vai levá ferro otra veiz, mas se dissero qui foi pru causa das manifetação, credito qui os milhão de torcedô qui ia vê o jogo gora já pode í batê panela. Êtra cambada de nego bem tençonado. Rasquei lasca, sô

  3. Panelas infiltradas,
    Temos três, quiçá cinco elementos extremamente preparados e infiltrados no conselho do ouvido direito e do esquerdo da Mônica do Planalto. Dizem que estão preparados até para ganhar-lhe o coração e mente.
    Somente nossos infiltrados para convencer a Monica a pensar que ganhou uma eleição sozinha, sem ajuda de ninguém;
    Somente nossos infiltrados a convencer a formar um ministério meio seis meio meia dúzia;
    Somente nossos infiltrados para fazer “candinhas e fofocas” e fazer com que ela deixasse de lado o Gilberto, o Carvalho (esse atrapalhava muito a vida dos bons); Franklin, o Martins (esse queria aprovar a regulamentação da merdia -- vejam só); Tarso, o Genro; Celso, o Amorim; e demais vermelhuscos que nos fez não colocar o brigadeiro no trono. Mas o mais impressionante e que os nossos corvos conseguiram em apenas 24 horas após o lançamento da Lista do dunga, digo, do Moro, digo, do Janot, digo, Teori, quando TODA a imprensa já tinha passado o susto e ia cair de pau em matérias só falando da lista, colocar a Mônica frente as TV’s de todo o “Brazil” e ELA passou a ser noticia com direito à panelas dos nossos e claro, a imprensa ganhou de presente as primeiras páginas. Inda mais, tiveram a brilhante idéia de trazê-la ao tucanistão para gentilmente ser cobertas de aplausos e carinhos de garotos e garotas uniformizados dos hitlerjugend.

    Com conselheiros infiltrados assim não há dúvidas. Agora ganharemos ou no voto (do supremo de frango) ou na marra, na foice e no martelo, ops…digo, nas panelas e no buzinaço. Santos Bleques and Bloques que nos protejam!

    1. Ops…ainda esqueci, como alerta aquele turco comunista. O conselho conseguiu adiar tanto a indicação do novo verdugo do supremo de frango que já possibilitou a formação da dupla batim e roubin na turma que vai julgar os arroubos do moro. Isso é que inteligentia pai d’égua!

  4. Bom dia.

    Carissimi del caphopho mais importante da galáxia:

    Sinal dos tempos! Há anos, Os Paralamas do Sucesso lançaram o “Vamu Batê Lata“. Visionários, os meninos amigos do Vital (e da moto).
    Sabiam eles, e não disseram a ninguém, que a UDN velha de guerra (literalmente!) um dia iria conclamar a todos a bater — panelas, que ninguém é de aço, nem mesmo referidos utensílios, antes apetrechos exclusivos da gentaglia³, hoje, até as madamas sabem operá-las, quando se trata de golp., digo, de galope panelal. No meu blogue, reitero, fiz um chamamento aos paneleiros e paneleiras, para, no dia 13, ops, 15, defender o Brasil (dos petraglias, claro). E vamos que vamos. Saudades da D. Nastácia (a do Sítio do Pica-Pau Amarelo, não aquela detonada pelo Janota).

    Saudações “Dilma, Vamos De Coração Valente; Enfrentar Os Golpistas E Defender A Petrobrás“,
    Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use GNU-Linux.

    1. Bom dia.

      E aqui na Terra da Virgem dos lábios de mel, Iracema, quem quiser ir ao Movimento em Defesa da Petrobrás, digo, PetrobraX, , dia 13, ops, 15, segue o linque para onde será a concentração, com mapa, inclusive, do trajeto. Não esqueçam, alencarinos. Dia 13, desculpe, de novo, 15, Praça da Imprensa.

      Saudações “Dilma, Vamos De Coração Valente; Enfrentar Os Golpistas E Defender A Petrobrás“,
      Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use GNU-Linux.

      1. Boa tarde.

        revenger (11 de março de 2015, 15:42):

        Como será que este chamamento é tratado em Portugal?

        “chamamento aos paneleiros e paneleiras”‘.

        Caro revenger, imagino que seria algo assim: “Srs. e Sras. Salta-Pocinhas, jóqueis de minhoca e congêneres…“.
        Saudações “Dilma, Vamos De Coração Valente; Enfrentar Os Golpistas E Defender A Petrobrás“,
        Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use GNU-Linux.

  5. PROTESTO

    Domingo à noite eu estava no quarto assistindo NBA quando de repente começou aquele barulhão. Pensei: gol do flu? não… o jogo já acabou. Fui até a janela e vi no prédio do outro lado da praça os moradores batendo panela nas varandas. Olhei para baixo, e no meu próprio prédio a mesma balbúrdia. Nos outros prédios em volta a mesma coisa. Por alguns instantes fiquei intrigado sem saber o que se passava. Ai minha senhôra que estava em outro cômodo assistindo Faustão (haja estômago) dirimiu minhas dúvidas: “a Dilma está em cadeia nacional”.
    Fui até a cozinha escolher uma panela. Por alguns instantes fiquei em dúvida entre duas Le Creuset. Uma côr laranja para risoto e outra côr verde para macarronada. Optei pela côr laranja. Em seguida fui até o quarto escolher uma gravata para combinar com a panela. Quando eu estava pronto para entrar na onda a búlgara já havia calado o bico.
    Mas meu veemente PROTESTO é para a falta de finesa de alguns homens bons ao proferirem termos chulos contra a Srta. Rousseff. Fiquei roborizado e ordenei que minha senhôra tapasse os ouvidos. Ô povo sem módos sô!!!

    1. Nobre Cantor,

      Entendo sua indignação com a falta de finesse alheia.

      Estava eu a bater panelas, em uma de minha coleção Fissler Diamond-Studded da sacada de meu apê na Rue Saint-Honoré quando a viatura da Gendarmerie, chegou.

      Policiais finos, chiques falando Francês fluente disseram que se eu continuasse a bater panelas seria multado por perturbação da ordem pública devido à reclamação dos vizinhos.

      Mas que falta de finesse desses vizinhos!

        1. Amigo 57

          Acho que o Sr. não entendeu.
          Mas o Sr. tem razão. Meu comentário “Fineza com S. Uai escriba!!! Pirou???” ficou dúbio. Dá a impressão que estou corrigindo Dom Hill.
          Eu escrevi finesa com S, não o confrade Hill
          E “escriba” é o meu serviçal que volta e meia comete gafes.
          “Finesse” escrita pelo Irmão Joseph está corretíssimo. Ora pois…

          1. Grande Cantante
            Vós, com poucas letras, é capaz de explicar o semiótico e os meio tons!
            Que fazem os comentaristas de aluguel dessa mídia bolivariana que não se espelham na sua retórica?
            Em 2038, ÇERRA45 eleito (vice fegacê …..viiiiiiiixe!) mandará demiti-los todos, esses rola-bosta contumazes.

          2. Ora pois! É difícil ensinar a plebe à escrever correctamente!

            Tento explicar que pharmacia se escrevia com PH, mas hoje se escreve com H. Amanhã se escreverá com A!

            Mas os serviçais não entendem!

    2. Que susto! Quando diz que “Dilma está em cadeia nacional” pensei de imediato que já havia sido presa pela pêéfe e encarcerada!

      Mas logo perdi a alegria ao entender que cadeia nacional nada mais era que em rede!

      1. Nem em rede caro Revenger.
        Muito menas no banco Nacional.
        Sorrateiramente D. Osmarina se fez dona da rede. De posse dela foi tentar pegar alguma baleia visto que o seu anzol é fraquinho e não deu resultado!
        O sonho de Osmarina é derrotar o campeão ÇERRA45 e seu vice fegacê … viiiiiiiiiiiiiixe! em 2038 !
        -Maes fácil pegar baleia com raio de caracol.

  6. Bom dia professor Almeida Prado. Folgo em saber que continua batendo bem, panela ou bumbo, sempre no ritmo e na hora certa. E conto:
    Domingo foi uma noitada e tanto. Até Osória quis ir comigo à Liga das Senhoras Católicas onde houve, é verdade que na penumbra, pois a Eletropaulo cortou a luz no quarteirão, um grande panelaço, com todas as senhoras segurando os cabos com muito entusiasmo. A que mais pegou nos cabos e bateu foi Osória, mostrando como já se recuperou dos folguedos momescos. Depois, fui pro Clube Militar alvejar mira numa árvore do clube, por meu acerto, gosto desde menino. Lá deparei com o gal. Olimpio Mourão Bisneto e outros companheiros de armas que conspiravam à boca pequena. Há um clima de saudosismo no ar. Ha esperança de termos de volta aquele pais hierárquico onde havia respeito para conosco e para com os homens de benz. Tempos em que os pobres sabiam ocupar com orgulho o seu lugar e o seu ofício. Hoje é uma bagunça geral: falta ordem, falta progresso, falta gente humilde e disposta a obedecer. Falta religião, falta caserna! Culpa do lulopetismo que pôs idéias exóticas na cabeça da nossa gentalha, como se o país fosse um lugar com oportunidades para todos. Deu no que deu. Com todo o respeito à gentalha e ao prof. Freguezzia: “Aqui pra vocês, oh…” O país é nosso!

    1. PS. Tava apertado. Mas cortaram a água do Clube Militar, os banheiros da instituição exalavam odor nauseabundo, não dava pra chegar perto. E não foi por falta de pagamento, porque o clube é muito bem administrado. De maneira, que voltei a pé pra casa, molhado. E não foi de chuva, não. Se é que me entendem….

      1. Desculpa emerson 44, digo,45, quer dizer 57. Faço trapalhadas com números.
        Mas vejo que isto é normal. Por exemplo: hoje cerca de 20 pessoas fez um protesto gigantesco contra a búlgara bolchevique paralisando o centro do Rio de Janeiro. Para os transeuntes, havia 17 pessoas. Para a PM, 17 e meia -- ela contou também um anão. Já os manifestantes protestaram contra os números divulgados, argumentando que os comunistas “querem reduzir a pó nossos protestos e gritos. Somos 20, acabei de contar”, finalizou o líder da manifestação que carregava um poste, digo um poster do brigadeiro de Claudio.

  7. Convocação Patrióptica
    Dia 15 próximo a oposicinha fará realizar em todos os pobrões (de espírito) desse pais, a grande marcha dos DERROTADOS danação.
    Haverá, imphelizmente, algumas defecções, a saber:
    Nosso candidato, já eleito em 2038 estará em viagem para a “Pérola do Atlantico” onde comphirmará “in loco” se, de facto, nessa progressista cidade do litoral paulista há água para o consumo da população. Em caso positivo nosso herói se banhará nessa água de óptima qualidade que a SABESP fornece apenas para os homens bons danação.
    Aócio Never, o aviador de Claudio, Montezuma e Furnas estará cumprindo com a agenda de senador da república no cantinho do Arpoador.
    fegacê phoi a Paris (que xique-xique) regar as tulipas que cultiva em seu apê da Avenue Foch.
    Em síntese: Apenas os bestas midiotizados comparecerão.

    1. Eu estarei em casa, assistindo pela tevê, torcendo pra que jog… não joguem sprays pimenta (pimenta é coisa de baiano), nem tenham tiros de bala de borracha, nem assaltos aos cox… digo colegas manifestantes!

    2. Caro Emerson:

      E por falar em marcha, a nossa gloryoza imprensa livre nocticia sobre uma marcha ocorrida hoje, na cidade do Ryo de Janeyro a phim de pedir o impixemente da búlgara. Um completo sucesso que contou com impressyonancte numero de 39 pessoas, sendo que 15 delas porctavam cartazes com frases dirigidas à bulgara.
      Se phoi um ” esquencta” do que ocorrerá no dia 15, teremos mesmo muicto a comemorar já que a búlgara tremerá de medo e certamencte renunciará anctes de ser deposcta. Avíssaras, poes. Quem for ver a banda passar, evrá mais que trombones e oboés!

  8. Senhores vejam as provocações número-petralhísticas: 139 milhões ( (13)9 ) serão repatriados da conta do Barusco (rima com molusco) pra 13º (13) vara federal!

    Ultimamente vejo números 13 em tudo, igual aquele filme com Jim Carrey!

    Será que tô ficando doido?

  9. Imphormo aos comphrades que acabei de receber um cabogramma de minha mansão de inverno em Maiami, capital de latrinoamérica,, onde madame pharaoa esclarece:
    “Comphirmo presença creadagem maniphestação impechment búlgara bolchevique e contra tudo-que-aí-está, caso algum(a) indolente se recuse, chibata e demissão imediacta justa cauza”.
    Madame, phêmea submissa aos bons interesses dos homens de bens, no caso eu seu varão, sabe que para obter cooperação espontânea dessa gentalha ignara sempre é necessário um incenticvo.

  10. Alvíssaras!!!! HIP! HIP! HURRA!!! Consumatum est. Oeste, norte e sul. Nosso pesadelo acabou. A búlgara usurpadora está fora. D E Z E S S E T E patriotas mostraram a essa gentalha do que somos capazes. O movimento “esquenta” no Rio foi o prenúncio do sucesso de nossa marcha no próximo domingo (se fizer sol). Em SP foram 30 e isso repetiu-se em diversas cidades. Podemos contar com a assunção ao poder do… de quem mesmo? Não importa! O certo é que nos livramos de tudoissoquetaí. Podemos dormir em paz e nunca mais ouviremos falar da lista do HSBC, que tanto tem nos preocupado. Saudações serapianas.

    1. Eu vi eles hoje! Fiquei até emocionado em ver tamanha multidão contra tudo-isso-que-aí-está. Inicialmente pensei que fosse um grupo de estudantes em excursão perdido perto da Central do Brasil…

  11. Nobles e engajados militantes haliovaldianos,

    Soube de fonte fidedigna que houve uma leunião secleta que juntou Aecin, Zé Sela, FHCin e outlos nomes de peso com Cebolinha e sua tulma.

    Desta vez sim o plano infalível contla a Mônica do conglesso telá êxito. Em bleve estaremos livles dela pala semple!!!!

    Dia 15, não pelcão! Em uma banca de jolnal pelto de você.

    (PS: eclevi este texto com um pilulito na boca, daí minha língua plesa…)

    1. Eu vi eles hoje! Fiquei até emocionado em ver tamanha multidão contra tudo-isso-que-aí-está. Inicialmente pensei que fosse um grupo de estudantes em excursão perdido perto da Central do Brasil…

    2. Não esquecendo, é claro, de esconder o coelho de pelúcia dela! E o Jotalhão, paquiderme hoje mais conhecido com Petrolão, deve ser anulado!

  12. O uso das panelas nos protestos contra o desgoverno tem rendido comentários maliciosos de pessoas de bem de países de primeiro mundo.

    Um dileto amigo de jornadas de caça a perdizes em França, revelou, em tom de blague (o bom humor é característica marcante dos exitosos …) que a esposa, em reunião recente, ouviu de convivas presentes que a situação da nobreza de Brasil já de há muito não seria a mesma de outros tempos: provava-o a “bateção” dos utensílios de cozinha em lares paulistanos pelas próprias damas …

    E rira …

    A fotografia trazida pelo eminente Professor Hariovaldo vem demonstrar que a ilação de nossos pares franceses não tem cabimento.

    Em verdade, mataram-se duas lebres com uma cajadada, desenferrujando panelas de menor importância, e serviçais.

    Ave!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.