Aos filhos da gentalha o trabalho

O trabalho enobrece a cria das classes subalternas, conduzindo-as para o bom caminho e principalmente evitando que elas atrapalhem os filhos dos homens de bem nas escolas e universidades do país. Quem fica contra o trabalho infantil ou é comunista ou é contra a tradicional família crista, o que é lamentável. Que mal faz um trabalhinho para os petizes? Quebrar castanhas, fazer carvão, descascar mandioca, quem nunca fez isso quando criança ou coisa que o valha, como ajudar os pais no armazém ou vender brigadeiro de chocolate belga na escola?

Oras, trabalhar deve ser um hábito compulsório aos filhos da gentalha desde a mais tenra idade, para evitarmos que eles se desvirtuem para o mundo do crime ou tornem-se beneficiários do bolsa família ou qualquer outro programa social do governo, usando e abusando das verbas governamentais que estariam melhor empregadas nas mãos dos banqueiros e/ou investidores internacionais. Já não basta os velhotes inúteis que querem viver nas costas do governo após trabalharem menos de 50 anos, gerando um rombo insanável na previdência, seria o cúmulo ter que dar educação para os menores de rua, uma vez que são de rua, se fossem bons não seriam de rua.

O mito está certo, o trabalho não mata ninguém, quanto mais cedo as crianças começarem melhor. Mirem-se no exemplo do Michelzinho Temer que não tem nem dez anos e já é milionário.

Selva!

Facebook Comments
Compartilhar

75 comentários sobre “Aos filhos da gentalha o trabalho

  1. Muito bem, Professor!

    O pai da minha empregada doméstica diarista trabalhou a vida inteira desde os 12 até falecer aos 72 e isso nunca foi um peso na vida dela.

    Ela própria está agora com 58 anos e trabalha desde os 14 e isso não traz nada de ruim para a vida dela que segue trabalhando.

  2. Sempre alternei as horas em sala de aula pela manhã no Colégio Militar com tardes inteiras fazendo flexões, cavalgando e praticando pontaria.
    Isso nunca me fez mal, pelo contrário: tornou-me forte, resistente e patriota, pois logo passei a dedicar seis meses do ano planejando desfiles de Sete de Setembro e outros seis meses lembrando e comentando tais desfiles, enquanto conquistava condecorações e galgava postos hierárquicos.

  3. Ispto mesmo maestre, se nossos rebenctos trabalham desde novinhos vendendo limonada e ajudando na empresa do papai, perque os filhos da gentalha não podem respirar huma fumacinha de carvão ou huma fibrinha de amianto? São huns mandriões indolenctes!

  4. Tio Hari,
    Com MELHÕES de desempregados tem petiz reclamando de ter que trabalhar.
    Trabalho tão procurado por quem adora ser explorado pelo sistema.
    Essa molecada não sabe nada.
    Inda beim que akabou a aposentadoria, herança maldita da era Vargas.

  5. Uma canção para homenagear
    -- as nobres crianças que se divertem cortando cana ou palmito e
    -- ao indômito líder encorajador da petizada.

      1. Ivã não era ateu. Muito pelo contrário.

        Ivã foi o primeiro a se autodeclarar tsar, seguindo a tradição europeia do imperador cujo poder vem diretamente de Deus.

        Ele era tão santo homem quanto o futuro ministro que ainda será indicado ao esseteéfe pelo bozo, ou seja, terrivelmente cristão.

        Mas… terrível.

  6. Vakinha:
    Conclamo os ermãos em Serapião a ajudar o General que se envergonha de receber apenasmente $ 19 mil por mês.
    Gente que merece muito menas ganha muito mais.

    1. Aplicada a nova lei da terceirização para nos melhor informar :
      Os departamentos de jornalismo investigativo da folha, veja e band, que estavam desativados
      para aceitar de tudo para o bem da pátria amada, foram terceirizados.
      Uma única empresa foi contratada -- The Intercept.

  7. zero três agora em Washington …
    Paneleiros felizes se divertem com os cabos enquanto aguardam a nova CPMF.
    Agora vae! (até o talo!)

    1. Nunca se vio tamanho accerto n’huma indicacção a embaexador desde a nomeação de Incitatus no govermno de Gaius Julius Caesar Augustus Germanicus. Aliás, nunca na estórea do mundo se vio a nomeacção de tantos incitatos em hum só govermno…

      Viva a filhocracia bananeyra!

        1. Ele começou lavando dinheiro no Açaí da Wal.

          Foi galgando postos até conseguir a proeza de fritar hamburgers nas terras no bom e novo north.

          Meritocracia e só!

          Aposto que todos estão pensando em nepotismo.

          Isso já acabou!

          Já tiramos Lula e o PETÊ!

          Silva, digo, Selva Livre!

  8. melhores nothiceas:

    “Bolsonaro deve ficar três dias sem falar após extrair dente”

    -Depois que ele distrair o dente ele phala, talquei?

    1. Não animar-se-á demaes caro cincoenta et septe, o bolsonoia depheca.. digo, comphabula pelos dedos. Não nos falctará material cômico, ou melior, de inspiracção nas palavras do micto.

  9. Bom dia, Ermãos em Serapião

    Alguém saberá me dizer o significado da letra “K” nas frases seguintes?

    ““Se tudo der certo nas palestras, vai entrar ainda uns 100k limpos até o fim do ano. Total líquido das palestras e livros daria uns 400k. Total de 40 aulas/palestras. Média de 10k limpo”.”

    1. Preclaro, se contar vou ter que neuralizá-lo… trata-se do agente K da MIB que foe chamado ao bananal a fim de frustrar huma invasão alienígena do bolchevismo intergaláctico.

    2. Será ‘kacete’?

      Vai entrar no povaréu uns 100 k[acetes] limpinhos, até o fim do ano.

      Teremos o líquido total de 400 k[acetes].

      De todos esses que estão preparando para empurrar na gente, em média, 10 k[acetes] são limpos.

  10. O micto disse hoje que se estão criticando sua indicação para a embaixada nos EUA é que ele está certo. Não resta dúvidas que é o enviado.

    1. Sir,
      Deixe o elemento entregar o currículo se assim lhe aprouver.
      Se o documento vier no prato, com rodelas de cebola, que assim seja.
      As rodelas são dele e ele as entrega a quem ele quiser!
      ….. Talquei?

  11. Perfeito sua argumentação, caro professor. Eu mesmo sou exemplo de um homem que se fez só. Aos 7 anos engraxava sapato na rodoviária. Aos nove, vendia laranja nos campos de varzea de Vila Baunilha. Aos 12, pespontava sapatos pruma fábrica na Mooca. Aos 14, usava bicicleta (que comprei com esforço próprio) para entregar sanduiches pra clientes de uma lanchonete. Agora, aos 20, sou motorista de Uber. Não me arrependo de nada. Só de não ter contribuído para a previdência social, o que pode atrasar um pouco a minha aposentadoria. Mas tenho saúde suficiente para trabalhar até os 70 se preciso for. Acredito que é desde menino que se torce o pepino. Por isso, tou aqui. Forte e confiante no meu destino e da nação. Parabéns professor por também acreditar no futuro de crianças que trabalham.

    1. Ah me esqueci: tinha orgulho também de pegar bolinhas de tenis dos tenistas do Clube Harmonia. Depois do jogo eles sempre me davam um seven up.

  12. TOFFOLI SUSPENDE INVESTIGAÇÕES COM COAF SEM AUTORIZAÇÃO JUDICIAL

    A medida foi tomada a partir de um pedido de Flávio Bolsonaro, num processo de repercussão geral que discute a constitucionalidade de investigações baseadas em dados fiscais ou bancários, mas abertas sem autorização judicial — caso do senador no inquérito aberto a partir das movimentações financeiras atípicas de Fabrício Queiroz.

    Agora você aparece, não aparece, FQ?

    1. Uma suruba organizada dentro da hierarquia e dos padrões disciplinares rigorosos do militarismo.

      General Moirão em cima do sargento Q e Trump em cima de todos!

  13. Nobre a amabilíssimo confrade Hariovaldo, concordo e assino embaixo! Enquanto os filhos da ralé fétida e miserável(blérgh) desse país estiverem trabalhando de sol a sol e sendo escravos ops digo digo servindo aos verdadeiros homens bons da pátria, eles não estarão estorvando os filhos da aristocracia. E quem não estiver satisfeito que vá para Cuba oras! 😉

  14. Nobilíssimo confrade Hariovaldo, o pobre de direita burro e xucro já aceitou ser gado e convive bem com esse sentimento de humilhação e falta de direitos. Finalmente o pobre de direita absorveu as asneiras que lhe foram empurradas durantes anos a fio pelo astrólogo geriátrico e senil e pela classe média histérica de Sum Paulo! Alvíssaras confrade, vamos brindar comemorando o analfabetismo político dos tolos que se sentem da elite.

  15. Cada nazi tem o ditador que merece. O pobre de direita com sua arrogância em acreditar que sabe tudo e aqueles que se preocupam com ele são “vagabundos”, agora está pagando um preço caríssimo por sua ignorância. Agora o pobre de direita além de estar ganhando uma mixaria, ainda terá seu filho trabalhando feito um escravo para a aristocracia que agora nem se lembra mais do pobre, já que eles cumpriram direitinho o papel que lhes foi imposto, o de massa de manobra. A maçonaria está adorando o novo governo e os empresários da alta burguesia e grãos mestres brindam com os seus em finas taças de champagne devidamente abastecidas com Chandon Perignon o fato de que poderão dormir tranquilos sabendo que seus atos criminosos de escravidão serão vistos com normalidade pelo governo federal.

Deixe uma resposta para emerson57 Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *