Construção de senzalas nos condomínios de luxo poderia ter protegido marido de Ivete

Construção de Senzalas e pelourinhos nos modernos condomínios brasileiros ajudarão no cumprimento da quarentena devido a pandemia, uma vez que os serviçais não precisarão mais saírem para o mundo exterior

O problema dos serviçais, fardo que os de bem tem que carregar, se acentuaram nesta pandemia, ficando patente que as boas famílias não podem ficar à mercê dessa gente, uma vez que pelas leis trabalhistas arcaicas tem o direito de tirarem folga junto de seus familiares, trazendo de seus cortiços e favelas os diversos males que lhes afligem para espargi-los juntos aos bons. Oras, amados irmãos, isto é um absurdo completo, não podemos permitir que nossos cônjuges fiquem expostos a este tipo de perigo.

A solução proposta pelos homens de bem, e que as construtoras anseiam por implementarem, é a construção de modernas e confortáveis senzalas, nos prédios e condomínios de luxo da nação, para que os serviçais possam encontrar ali as suas horas do merecido repouso após trabalharem toda a semana junto às boas famílias as quais sirvam, e para que assim não lhes sejam permitido se juntarem aos seus familiares no mundo exterior, cessando de vez o perigo de trazerem chagas e doenças da gentalha para o seio das nossas famílias. A verdade é que caso esta dependência já estivesse implantada nos condomínios dos homens de bem muita gente não teria sido afetada por esta doença maldita.

Com a senzala, os serviçais que quiserem poderão se ausentarem dos condomínios uma vez por ano, e no retorno deverão passar por uma bateria de exames, ficando sempre a critério dos patrões dispensá-los por justa causa, se quiserem, por motivo de abandono de emprego, sem nenhum encargo trabalhista devido. É a modernização das relações de trabalho, com  certeza com isto em vigor mais de 5 milhões novos empregos serão gerados.

Alvíssaras!

Facebook Comments
Compartilhar

11 comentários sobre “Construção de senzalas nos condomínios de luxo poderia ter protegido marido de Ivete

  1. Uma ideia a ser propalada aos quatro ventos, magister. Eis que surge um outro dilema, o qual não deixaremos que passe a trilema. Evitemos a terceira via, talquei:
    • E se Ciro não tivesse ido a Paris, ou andado de charrete;
    • e se o marido da Ivete tivesse comprado um Corvette, ou um Chevette, qualquer carro que terminasse em “Ette”;
    • e se Carl Usho conseguisse uma bo… a fonte de fake news;
    • e se Dudu Pim Binha comprasse uma nova prótes., digo, armette?
    São angustiantes qüestões, mas o importante é que tiramos o PeThê! Alvíssaras!

  2. Mestre,

    Esse é o trauma dos “conjus “ das celebridades. Lembra da Bolsodórias wife e seu método de acabar com moradores de rua?
    Eles tem a sensibilidade de quem conhece a miséria e não quer mais pra lá voltar.
    Pobre povo brasileiro que continua resistindo há 600 anos.

      1. Nossas preces foram atendidas Tio Hari,
        O komunismo vem ai!!!
        o timoneiro danação disse:
        “Hoje você está tendo uma amostra do que é o comunismo e quem são os protótipos de ditadores”
        Corram para as montanhas de Sierra Maestra!

  3. Uma vez que o mau já está feito, o estado deveria, pelo menos, indenizar esta alva e abastada família, construindo, com recursos do ministério da saúde, um pelourinho no luxuoso condomínio dela e inaugura-lo com uma sessão de cem cipoadas de chibata nessa mucama insubmissa, aplicadas pelo Capitão do Mato mais habilidoso deste nosso rincão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *