A USP protegida do terrorismo e da subversão

Magnífico
Reitor Rodas, grande defensor da educação , da tradição, da Pátria e da família cristã.

Dando prosseguimento a proteção e recuperação da USP, depois de debelado o foco guerrilheiro lá instalado dois anos atrás, numa repetição da vitória do Araguaia, as forças do bem e o governo bandeirante seguem implementando medidas eficazes para proteger os nossos estudantes do convívio marxista.  Para evitar que a excelsa universidade se transformasse em uma universidade à la cubana, foi necessária a adoção de medidas fortes pelo magnífico reitor para que a normalidade educacional não fosse conspurcada pela infiltração dos elementos comunistas, nesse contexto, a nomeação dos valorosos coronéis da gloriosa Força Pública para garantir a ordem universitária trará a paz que todos almejamos.

Salvos da comunização que celeremente se preparava no campus, os estudantes devem agradecer aos bravos militares que os protegeram de seus inimigos, sempre lembrando que este não foi um movimento partidário. Dele participaram todos os setores conscientes da vida universitária, pois a ninguém escapava o significado das manobras bolchevistas.

E se os estudantes subversivos, para intrigarem os brasileiros com seus líderes e com os chefes militares, afirmarem o contrário, estarão mentindo, estarão, como sempre, procurando engodar as massas estudantis, que não lhes devem dar ouvidos.  Mais uma vez, o povo paulista foi socorrido pela Providência Divina, que lhe permitiu superar a grave crise, sem maiores sofrimentos e luto. Sejamos dignos de tão grande favor.

Facebook Comments
Compartilhar

20 comentários sobre “A USP protegida do terrorismo e da subversão

  1. Prezado prelado professor…
    tava vendo a noticia quando vi a propaganda ao lado,
    falando de um consignado…
    fiquei entusiasmado, pois meu nome ta danado!
    Será que, se por qualquer razão, eu, o emprestimo não puder fazer,
    o senhorio não poderia me arrumar um trocado ?
    Sabe como é… o carlinho ta preso,
    o Demostones, demonstrado e eu fiquei aqui, quase pelado!
    Sei que não é do teu feitio,
    como bom homem que sois,
    deixar falando sozinho
    uma pessoa como eu,
    que tenho tanto a dizer,
    Sem nenhum pra me esconder!
    Socorro professor… sei que se assim continuar
    esse mundo vai acabar e o tadinho do Demo vai se lascar!

    1. Antônio, caro pedinte,
      Em vosso precário estado
      Recorres aos homens de Bem
      Tentando arranjar um trocado.

      Mas quero te dar um aviso
      prestai toda a atenção
      aqui não é o paraíso
      construído pelo sapão.

      Não tem o bolsa-esmola
      que incita à vida ociosa.
      nem meu barraco-minha vida
      pra essa gente preguiçosa

      não tem bolsa-faculdade
      pra escumalha estudar.
      e se encher de discursos vermelhos
      querendo o nosso lugar.

      portanto, entendais por inteiro
      que isso aqui é outro mundo
      então, se queres dinheiro,
      Vai trabalhar, vagabundo!!!

  2. Menestrélico Professor (o bom)

    louvo-vos o belo emprego da arte a serviço do bons costumes. Os Homes de Benz, ocupados em cuidar de suas propriedades que constituem a verdadeira riqueza da Terra de Santa Cruz, não pode ser perturbados por essa choldra comunista, do ramo lullodilmista, viciadaem bolsa e esmolas.

    Vagabundo tem é que trabalhar !

    PS.: Vagabundos, desocupem nossas universidades. Cada um em seu devido lugar.

    1. P.S.

      Essas minhas modestas palavras referem-se ao belo poema , digno de um Camões, de um Bocage, da lavra do prezado Professor (o bom) publicado logo abaixo.

      Alvíssaras!

    2. Gratíssimo e mui lisonjeado, nobre confrade.

      Estas mui humildes quadrinhas, as fiz inspirado na democrática figura cuja foto encabeça este post.

  3. Caríssimo Professor,

    A ciência, a pesquisa e o conhecimento só se desenvolvem em um ambiente de paz e tranquilidade. Devemos afastar os agitadores, meliantes, estudantes de baixa renda, camelôs, pedintes e outros desocupados comuno-trotskistas, que chegam via Enem.

    O torreão do saber não deve se imiscuir com assuntos administrativos ou mesmo discuti-los, as coisas são como são. Parabéns ao seu Rodas que conseguiu colocar a lúcida administração da USP nas páginas policiais. A USP fica cada vez mais parecida com a administração do Estado, exemplo de competência e de eficiência para o mundo. Deus salve a USP.

  4. Cumprimentando os doutos comentaristas que acima abrilhantaram este espaço com poéticas intervenções, e no melhor sentido religioso que a Tradição Familiar e Pura dos homens de bens incita, venho propor a todos os honrados frequentadores deste espaço que façamos uma novena a São Geraldo e Rodas, agradecendo pela libertação de nossa Gloriosa Universidade…

    1. Meu bom General
      A novena já iniciei, agora…..que ninguém é de ferro, e hoje é sexta-feira, espoquei também uma Dom Perignon de boa safra, da adega do meu falecido, o Marques da Ponta Grossa !
      Brindemos a Rodas, soldado galhardo no combate ao comunismo !
      Salute monsieur !

      1. Nobres Senhores e Senhoras de Benz
        Honorável e prezado Mestre Hariovaldo.

        É gratificante ler e saber que homens bons e crentes e seguidores de São Escvrivá estão atentos.
        Como diz sempre o meu grande chefe Feldmarschall Roussef, em dúvida entre com um lancha-chamas e acabe com a baderna.

        Tenente Cel Ernesto Oliveira Pamplona Medeiros Albuquerque Osório Dutra e Silva
        Ajudante de Ordens EMFA-EB 2ª G do Marechal de Campo Roussef

  5. Fui às lágrimas ! A USP, antigo valhacouto de subvervivos, volta ao seio dos homens de bens pelo punho forte de Rodas !
    É com bravos desta estirpe que forjaremos o Brasil do Mais-Que-Preparado !
    Marchemos Unidos em São Escvrivá !

  6. Quero aqui dizer, que desse jeito,
    comunista vou ter que ser!
    Onde já se viu, por causa de um trocado,
    deixar um pobre homem bom perecer!
    Vou avisar e com bravura dizer,
    vou ter que votar na Dilma pra poder aparecer!
    Eu, um homem bom, que ao que parece,
    vou ter que mudar o tom
    pra poder sobreviver!
    Mas meu sonho mesmo é descobrir
    onde esta o din din do cachoeira,
    que a essa hora, deve ta numa choradeira,
    sentindo falta de ao menos uma demonstração
    de de um pouco de afeição! Onde ta o Dede…
    Cade o maldito do Gilmar,
    que até agora não liberou nem uma liminar
    Esse mundo ta ficando é perdido
    e eu que era rico, agora to aqui todo fu… gido!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *