Ex-ministro dos homens bons é eleito contra vontade da imprensa livre e imparcial

Hoje em merecida desgraça udenista, o ex-comandante da vitoriosa campanha eleitoral de Collor à presidência, apoiada e avalizada pelas Organizzazioni Golobo, para acabar com o marajá apedeuta de nove dedos de Garanhuns, um cabeça chata que  inexplicavelmente possuía um inaceitável três-em-um, coisa de gente branca bem nascida, fora de suas posses, o cidadão Calheiros, o Renan, acaba de vencer o pleito para a presidência do senado, com amplo e indisfarçável apoio da búlgara bolchevique, senado hoje presidido pelo bom homem Sarney, o José, um homem caridoso que elegeu-se por dois estados em sua incontrolável ânsia de servir à pátria e ao próximo, o que faz com zêlo desde os bons tempos da ditabranda.

Nestes tempos felizes o jovem Renan trilhava a senda do bem sempre em boa companhia

Após os anos Collor, continuou o bom Calheiros em sua sancta missão de levar a esperança de dias melhores ao populacho, para que este laborasse sob a ameaça do desemprego, sem encher o saco do empresariado bandeirante e de coronéis da cana de açucar, baixando o custo Brazil.

Foi quando nosso grande Farol de Alexandria, refiro-me ao genial PhD Máximus, nosso mentor e melhor presidente danação, o queridíssimo e popular FHC, convocou-o para labutar pela Justiça pátria, nomeando-o merecidamente Ministro da Justiça no bom ano de 1997, por sinal ano que nos livramos de vários elephantes brancos estataes e pudemos enfim elevar as tarifas aos bons valores atuais, antes que a búlgara maldita começasse a interferir indevidamente em nossos lucros.

    

Servindo ao grande filho da pátria, Renan nessa época ainda estava do lado dos bons homens de bens, muitos bens

Depois disso assumindo a presidência do senado, o mesmo lugar que bons homens ilustres deram parte de suas vidas em sacrifício heróico pela pátria, como os grandes Jáder, o Barbalho, Antônio Carlos, o Magalhães, e José, o Sarney, figuras de proa que jamais se envolveram em qualquer tipo de escândalo ou mal feito, Renan caiu em tentação e deixou de ser um bom homem pois envolveu-se com o diabo de Garanhuns, o nove dedos e também com uma boa e inocente mulher. Após isso, dizem as más línguas que ele aceitou uma grana emprestada por lobista, coisa impensável naquela casa, por nossos impecáveis parlamentares, coisa jamais vista em Brasília.

Renan, o Calheiros, em frente aos bons homens de bens do senado

Renan fez mal à moça, prometeu casamento e não casou, certamente já tomado pela influência maléfica do Belzebú de Garanhuns

Daí por diante nossa boa e ética imprensa udenista, sempre vigilante contra os maus, os impuros, os que achincalham os valores cristãos, comendo enganando  puras jovens e acoitando os valores marxistas e ateus dos bolcheviques bolivarianos e outros populistas, socialistas, anarquistas, e demais seres endemoinhados, estes que se apropriam de dinheiro público, principalmente a malta de petralhas milionários com dinheiro de Cuba e das Farc escondido em cuecas por petistas suiços, levados a contas numeradas em Berna, nos bem informa e faz o necessário papel de oposição, pois não podemos permitir que tudo continue como-aí-está.

Se  não daqui a pouco a classe D, a ralé despossuída, também vai querer andar de avião, é o que falta.

O importante é chegarmos ao cerne da questão, cortarmos o mal pela raiz, pegarmos o apedeuta de nove dedos e colocarmos da cadeia, onde já se viu tanta corrupção?

Nunca antes na história desse país é lógico, como bem sabe nossa imprensa livre que semeia a nossa boa verdade .

Vamos pegar o chefe deles, e depois a Búlgara!

ALVÍSSARAS!

Facebook Comments Box
Compartilhar

55 thoughts on “Ex-ministro dos homens bons é eleito contra vontade da imprensa livre e imparcial

  1. Óh, poderoso filho de Rá:
    Dizei-me, que já não sei, se quatro pernas é ruim e dua pernas é bom ou se duas pernas é bom e quatro pernas melhor ainda. (Uma perna é saci, isn’t?)

    1. Edipiana Mare,
      No tempo do decifra-me ou devoro-te não havia sacis!
      Eles surgem por volta de 1700 d.C.
      E agora, o que teria respondido a esfinge?
      Ask the smoke before it gets in your eyes…
      kisses

  2. Caro Pharaó e Confrades,

    Vejam a pérola lavrada na ata da sessão de 25 de julho de 1884 da Câmara Municipal de Caconde. Suponho que Hariovaldo já fazia escola disseminado suas idéias entres os homens bons.
    Abaixo seguem o links. Tal pérola consta do livro “MEMÓRIA DA CIDADE DE CACONDE” de Adriano Campanhole.

    LIBERTAÇÃO DOS ESCRAVOS
    A libertação dos escravos (lei n.º 3.353, de 13 de maio de 1888, a chamada Lei Áurea), nenhuma repercussão teve na Câmara Municipal de Caconde. Não se registrou qualquer manifestação, alegre ou triste, conforme o ângulo pelo qual pudesse ser apreciada. Mas, anteriormente, houve condenação ao ideal de libertação, como se vê da ata da sessão de 25 de julho de 1884, quando já o movimento ganhava impulso em todo o território nacional. Tomando a palavra, o vereador dr. José Leopoldino Ribeiro da Cunha fez a seguinte indicação:
    “Tendo sido apresentado à Câmara temporária, na sessão de 15 do corrente mês de junho um projeto de lei sobre o elemento servil, contendo medidas que não estão de acordo com a vontade nacional, por isso que estabelece um sistema completamente fora do regime da sabia lei de 28 de setembro, dando armas ao abolicionismo impudente e anárquico, torna-se urgente que o país se pronuncie no sentido de alertar a adoção de medidas que vão agravar ainda mais a situação aflitiva.
    O projeto de lei consagra três idéias capitais: 1.ª libertação, sem indenização, dos escravos maiores de 60 anos; 2.ª uma contribuição nacional, com a criação de novos impostos e elevação de outros;
    3.ª fixação do valor dos escravos, não podendo exceder de 800$000 (oitocentos mil réis). A primeira idéia é um atentado contra a Constituição e uma violação do direito de propriedade garantida por esta. Abrindo um procedente, a adoção de semelhantes idéias virá por em sobressalto os possuidores de escravos, que não poderão contar mais com a garantia e proteção dos poderes públicos; virá trazer a anarquia no elemento servil já tão insubordinado pelos excessos do
    abolicionismo; virá por em sobressalto os possuidores de escravos, que não poderão contar mais com a garantia e proteção dos ex-senhores. A segunda idéia será aumentar a aflição ao aflito, pois
    quando o país luta com um déficit enorme, quando os produtos da lavoura, única fonte de renda, estão depreciados – onerar a classe produtora com os impostos tão excessivos é um grande erro
    financeiro. A terceira idéia, limitando o preço dos escravos para a libertação, constituí outro atentado ao direito de propriedade, violando-se todos os princípios jurídicos. Indica, pois, que esta
    Câmara represente ao Parlamento pedindo a rejeição do projeto. Posto em discussão foi unanimemente resolvido que esta Câmara represente. Representou-se”. Estavam presentes os vereadores José Leopoldino Ribeiro da Cunha, presidente; Martiniano Carlos de Souza, João Luís
    dos Santos e Justino José de Bastos”.
    A idéia da libertação dos escravos teve resistência em todo o país e somente cinco anos depois a Princesa Isabel sancionaria a lei que pôs fim à escravidão.

    http://www.imaculada.org/memorias/24%20Mem%C3%B3ria%20de%20Caconde.pdf

    http://www.imaculada.org/memorias/menu.htm

    1. Boa tarde.

      Marquês das Pombinhas, este homem, dr. José Leopoldino Ribeiro da Cunha, era um clarividente. O Meister Hari deveria promovê-lo a patrono deste serapiônico sítio. O discurso dele antecipa em séculos a lógica e a retórica hariovaldianas.
      Um legítimo representante da Casa Grande!
      Alvíssaras. Nossa prática atravessa os séculos, em defesa dos homens de benz!

      Saudações “Lula 2014; Lula sempre“,

      Morvan, Usuário Linux (S. O. Fedora 18) #433640.

  3. piramidal.*. pharaoh,
    belo post!
    ainda se eu tivesse a V. experiência de mais de 5k anos, eu não seria capaz de cometer uma coluna à sua altura!
    só fiquei com uma dúvida, ja que me começa a falhar a memória:
    esse fegacê da avenida fock, é quem mesmo? seria aquele terceirizador de paternidade? sendo ele um homem bom porque não se muda de vez para a “cidade luz” e deixa de nos aporrinhar o s…?
    voltando ao bom renam, qualquer um de nós ganharia essa eleição, apoiado que foi por collor, o marcador do ponta direita gurgel br 800:
    http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=Hni2cv2WAlg

  4. DZIÉN DOBRY!
    Conspícuo e embalsamado Confrade, diria mumificado, porém me veio a lembrança esse homen, que não lembro se era dos nossos ou não……

    enfim… também a nossa gloriosa e imparcial imprensa (imparcial na defesa da grana deles)anda meio perdida e não sabe, ou não lembra se Renan, o Calheiros, foi ou é, um dos nossos!
    Vou fazer a siesta, acompanhado da menina repórter do jornal local, que vei me entrevistar ontem e resolveu ficar um pouco mais….Gracias Hermanos, digo ….hasta la vista….digo DZIÉN DOBRY!

    1. Ilmº Sr. Cyrano,

      Permita-me sugerir-lhe cuidadosa utilização de seu privilegiado olfato em relação à jovem mencionada. Algumas jornalistas locais podem ser muito consequentes.

      De todo modo, minha casinha em Barcelona está à disposição para qualquer eventualidade.

      Que São Serapião esteja conosco.

      1. D. Jose!! Quanto tempo que não encontro o confrade em nossa catedral cibernética!!
        Folgo em saber que o confrade encontra-se bem. Julgava que Vossa Mercê e algusn confrades “desaparecidos” daqui haviam sido sequestrados a mando da búlgara fantochuda…
        D. Jose, retornei após um longo período de autoexilio no Mosteiro de Frei Sifrônio, e não o encontrei, nem D. Aurelio de Monte y Vaz. Achei que o Júnior tivesse enviado D. Aurelio novamente para a ilha do charutento…mas, como não obtive noticias suas nem de D. Aurelio, achei que o tinham sequestrado em mais uma etapa da operação condor vermelho.
        Enfim, folgo em ler uma mensagem sua.
        Vejo que sua generosidade continua a mesma. Oferecer sua humilde morada em Barcelona a Cyrano revela a nobreza de alma que só os nobres têm (haja redundância).
        Também ofereço, caro Cyrano, um chateau que recem adquiri no Vale do Loire (nunca consegui colocar fotinhas aqui, mas segue um link no qual poderás visualizar essa humilde morada http://viareturismo.com/gallery/thumb_22.png).
        Ah, vou processar a tal agência de turismo que, sem minha autorização, divulgou a foto da mesma.
        Alvíssaras! Vamos recompor nossas forças! Vamos reorganizar nosso exército brancaleonesco para o combate que se avizinha em 2014!!!

  5. Preclaro e redivivo Ramses II,

    Como sempre oportuno e esclarecedor. Neste momento, dramático para a imprensa livre, estamos observando, estarrecidos, o avanço, voraz, do comuno-sindicalismo-ateu vermelho. Observamos, atônitos, nossas melhores redacções, guardiãs que são da ética e da moral, serem sodomizadas colectivamente por um poste, que violando os princípios de que tudo tem um preço, usa as prerrogativas de estado para plantar inverdades, deixando estas mesmas redacções humilhadas e na chuva!!

    Sem que a dor e a ardência tivessem passado, o poste, insaciável, impõe, ditactorialmente na presidência do senado, este velho comunista que teve sua chance de tornar-se uma pessoa de bem com efeagácê.

    A história é conhecida por todos, mas sempre é bom relembrar para que os mais jovens saibam. Mirian Dutra que veio a ser uma importante repórter internacional pela globo, cobrindo de Madri a crise do Euro, era amante de Renan. Ao saber que a amante de Renan, além de um filho fora do casamento, era mantida por uma empresa que tinha trocado bilhões de dólares de dívidas por dívidas em reais com juros subsidiados por bancos es-ta-ta-is o CANALHA foi sumariamente demitido. Quase ninguém ficou sabendo disto, mas efeagácê não tolerava que o estado sustentasse amasias e seus cafetões.

    E não é que o velho corrupto vermelho volta a chefiar o desmoralizado senado nacional. Pouco adiantou o sr. procurador geral, em um esforço dantesco, que, devido ao mensalão, ficou reduzido à apenas 2 pessoas, encaminhar o processo ao implacável essetêéfe. Pouco adiantou a proba imprensa gloriosa escandalar, na chuva, que um eterno corrupto, usando de todos artifícios para não ser julgado, fosse reconduzido, pela porta dos fundos da política.

    Agora a presidência do 4° cargo mais importante da república após a presidência das organizações globo, do supremo, do executivo, é exercido por um conhecido corrupto, rompendo assim um equilíbrio das forças do bem.

    Gostaria de encaminhar pela pessoa do sr presidente da Associação dos Editores de Jornais e Revista, dr Carlos Cachoeira, pronto restabelecimento aos bravos repórteres e colunistas do PIG ofendidos e humilhados em sua trincheira na batalha por um Brazil que volte a ser do futuro, para todos.

    1. Filho de Rá,
      O que nos conforta é saber que a primeira secretaria do senado vai ser ocupada pelo flexa ribeiro do p.s.d.b. É provável que venha por aí uma pororoca na gestão do orçamento da casa.

  6. 10 anos depois uma pequena resenha de como tudo começou

    Amanhã fará 10 anos do inicio do suplicio imposto pelos PTralhas aos homens de benz desse país , o apedeuta de garanhuns lança o Bolsa Família, também conhecida como Bolsa Esmola pela zelite com o dinheiro do nossos impostos ganho a custas de suor alheio , o usurpador do trono sagrado fez a maior transferência de renda que se tem noticia no mundo agradando a gentalha e lhes dando o direito de comer em troca disso a plebe ignara lhe deu seu voto consequentemente criando a maior compra de votos da historia desse pais.

    E assim após a Senzala invadir a Casa Grande se deu o inicio do fim dos homens que só andam pela direita

    1. Cari$$ima Rose

      “o inicio do fim dos homens que só andam pela direita”…
      Os ingleses são homens bons que só andam pela esquerda. Porem mesmo assim são da direita e seu império está no fim!

      1. Não fica dando ideias… cherry dog vai que War resolve que será proibido dirigir pela esquerda ?

        E quando ao império TODOS eles sem exceção cairam

        1. Rose, xerri
          Com a “firmeza” do War é bem possível! Será que essa idéia do nosso querido Cachorrinho veio das pulgas que lhe estão a atazanar?

    2. Boa noite.

      Obrigado, mais uma vez, Rosíssima, por me lembrar desta efeméride.
      Sim, devemos nos lembrar e comemor., digo,lamentar, e muito.
      Faz dez anos que começou um processo que — espero — dure para semp., digo, termine
      o quanto antes, para o bem deste país.

      Saudações “PSDB, um Partido que se renova, como vinho; antes rosé, hoje, quase
      ex-tinto
      “,

      Morvan, Usuário Fedora Linux (Ver. 18) #433640.

      1. Não por isso amigo Morvan, certas coisas jamais deverão ser esquecidas por nós, já que, talvez, muito provavelmente certos historiadores ou melhor, estoriadores não se lembrarão de registrar

  7. Renan Calheiros, este ‘lord’ da república de bananas, foi eleito com apoio de toda bancada PTista no Senado.Eu falaria em coerência, mas como essa palavra normalmente é associada a fins mais nobres, prefiro dizer que o voto vermelho foi por ‘mensalência’.

    1. Senhor Márcio,
      Vossa senhoria esqueceu-se de que dos 11 homens bons e de benz do crescente azulado que detesta o vermelho,pelo menos 7 deles votaram no probo confrade de antanho, o atual Presidente Reinando Calheiros!
      Ora pois….E agora ficam reclamando?

      1. Poizé, caríssima Marieta,

        Ficam olhando o “lord” dos outros e os deles ficam com os rabos presos nas privatarias -- que não são dados museológicos -- a não ser que esteja valendo a bienal de 2010…

          1. Caríssimos Vivi e Professeur Docteur Ará,
            Ora pois, para os partidários do quase ex-tinto (mestre Norvan) partido de sangue azul, ora lilás, é muito difícil crer nessa “mentiraiada”! Doctor Ará, no “forte Apache” há mais índios do que se pode imaginar, quando atacado, revida sempre!

    2. Por falar em mensalão, o depósito mensal na minha conta das ilhas Virgens, neste mês, foi de US$ 145 milhões e não de US$ 45 milhões.
      Acho que houve algum engano, Mestre.
      Faço o estorno ou compro caviar, champãs, vinhos e casacos de pele pra doar a entidades de caridade?

    3. O bom Fabrício Marcio deve ter ficado enojado quando Barbalho, o Jarbas do Ranário, foi eleito presidente do senado em substituição à AC, o M, com votos de toda bancada do PSDB, pois era um homem bom.
      Como diz um site sujo e chapa branca: “A disputa política entre o Senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA) e o Senador Jader Barbalho (PMDB-PA), em torno da presidência do Senado expôs publicamente as divergências da base de sustentação do governo. ACM renunciou ao mandato, sob a acusação de violar o painel eletrônico do Senado na votação que cassou o mandato do senador Luiz Estevão (PMDB-DF). Levou consigo seu cúmplice, o líder do governo, senador José Roberto Arruda (PSDB-DF). Jader Barbalho se elegeu presidente do Senado, com apoio ostensivo de José Serra e do PSDB, mas também acabou por renunciar ao mandato, para evitar a cassação. Pesavam contra ele denúncias de desvio de verbas da Sudam” “O rombo causado pelo festival de fraudes transamazônicas na Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia, a Sudam, no período de 1994 a 1999, ultrapassou R$ 2 bilhões. As denúncias de desvios de recursos na Sudam levaram o ex-presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA) a renunciar ao mandato”.
      Advinhem quem o havia nomeado e mantido como presidente da SUDAM esses anos todos?
      A bancada do Partido Só De Bens também tinha votado massivamente junto com os pefelistas na eleição de AC, o M.
      Renan o lord, nessa época era um homem bom tanto que foi nomeado pelo excelente governo demotucano pela honestidade de reputação ilibada para cuidar da Justiça brasileira: foi nomeado apenas Ministro da Justiça pelo grande FHC!
      Coerentemente até a semana passada o PSDB apoiava Renan no senado, e na última hora, atendendo os apelos de sua irretocável e irreprochável ética própria, vendo que o mesmo já estava eleito, mas hoje possuia má fama pois desonrou uma senhorita pura e casta com dinheiro que disseram ser de um lobista, e para desgastar o governo demoníaco petralha que um dia derribaremos, mudou seu voto.
      É de gente assim que precisamos para tirar o Brazil desse atoleiro!
      Parabéns PSDB, parabéns Fabrício!

      1. Engraçados estes defensores de PTistas, que se referem a dados museológicos, invocando partidos rotos, numa espécie de impermeabilização anti-propinosa.Quem olha, vê freiras virgens em bunkers soviets.Tirando o engodo avermelhado collorido, nossos mencheviques da brasileia gostam mesmo é dum discurso floreado(antídoto contra povo)e as velhas regalias do estado(carrões, mansões, etc…ões) hauridas do que chamam ‘dinheiro não contabilizado’.

        1. Boa noite.

          Caro Marcio, você veio ao local certo. Aqui, somos um grupo de pessoas reac., digo, conservadoras, que buscam um país como d’antanho. Queremos varrer -- para sempre, se possível, toda a patralhada do mapa.
          Temos muita saudade de quando a ralé não podia viajar (nem de ônibus) e portanto, não perturbava gente limpinha e cheirosa, como a nossa diva Danuza Leão.
          Pela restauração da situação anterior do Brasil já.
          Contamos com você. Vemos que você tem todo o aparato para lutar conosco: é calmo, sabe argumentar e, a exemplo de Sergei War, odeia tudo que é vermelho, inclusive a petralhada, como nós também a odiamos. Não digo de coração por não possuir tal dispositivo.

          Bem-vindo.

          Saudações “PSDB, um Partido que se renova, como vinho; antes rosé, hoje, quase ex-tinto“,

          Morvan, Usuário Fedora Linux (Ver. 18) #433640.

        2. Márcio Fabrício,
          Não posso supor que vosmecê esteja vociferando essas aleivosias nesse sacrosanto sítio cibernético, onde qualquer defensor do PT (argh!!!) são excomungados sob a proteção de São Serapião. Aqui não existe nenhum defensor dos Ptistas; antes e ao contrário, cerramos fileiras para extirpá-los dos Estados Unidos do Brazil.
          Vai de retro Fabrício …
          Ave Adão

          1. O nobre Marcio Fabricio (Fabricio Marcio?), tem de raciocinar um pouco para entender a mecânica da coisa (dois neurônios bastam).
            Veja, opps, leia e entenda (nego-me a desenhar): Num sistema democrático de coligações partidárias (como o nosso, por exemplo), os acordos têm de ser cumpridos. Ora a Presidente (ou a Presidente, como ela prefere), é do PT. O Vice-Presidente (Temmer), é do PMDB. Portanto, nada mais natural que a maior bancada (PMDB), continue com o cargo de Presidente do Senado e a segunda bancada (PT), com a Vice-Presidência do Senado, como aliás, é a regra.
            O que pode ser questionada é a escolha recair sobre o Renan. Poderia ser o Requião, por exemplo. Mas tem de ser alguém do PMDB. E o PT tem de votar favoravelmente mesmo.
            Outra coisa, mestre Hari. Gostaria que a cor do meu avatar mudasse de carmim para azul-nenen com amarelo, as cores da moda. Pode ser? War’Sergius agradecerá!

        3. Distincto Phabrício,
          Observo que o senhor é muito simpáctico, ammável, insistencte, um verdadeiro Phabrício de estimacção. Inspira também ser um phidalgo, cultto, doutto, mui bem imphormado. Então, pergunto-lhe:
          1. O vernáculo dos bem creados são um anthydoto para o povo, a patuleia. Pois! Na sua comprehensão, qual o porcenctual de pessoas que constictuem o povo?
          2. Porque o senhor não usa espaço após o poncto phinal para sepparar orações num mesmo parahgrapho? Os lyceos ensinam.
          3. Nos seus esctudos scienctiphicos anctropolohgycos, qual seria a eddade correta para uma creança deixar de emphiar o deddo no nariz e phicar brinccando com a melleca?
          Suas oppiniões são importanctíssimas e de phundamental interesse para este sancto sítio.
          Talvez isto também lhe ajude, pois és um homem de phé:
          http://www.youtube.com/watch?feature=endscreen&v=9N2tZj_Tky0&NR=1

        4. Grande Fabrício,
          Apreciei demais sua justa indignação seletiva, a mesma de nossa libertária e gloriosa imprensa. Tens razão, para que analisar velharias, dados museológicos e processos históricos não é? Isso é uma influência maligna da dialética marxista, usada para jogar uma cortina de fumaça nos olhos de inocentes úteis. Desta vez para verificar que você, como bom homem branco e benvindo neste site limpo na defesa da família cristã e contra o comunismo corrupto, estava atento ao que vale, o hoje e agora contra os bolcheviques e mencheviques (bem lembrado!) do Brazil.
          Os petralhas, ricos, milionários, com contas secretas em Cayman, em Jersey ou em Genève, moram em palácios com suas limousines.
          A búlgara usurpadora por exemplo ocupou (occupy Brazília?) o palácio Alvorada por ela invadido e só anda de carro oficial! Deve ter apoio do MST e da CUT!
          Usa até o Aerolulla!
          Outros ministros petralhas e altos funcionários, aparelhados em ministérios e estataes elephantes brancos, ocupam as mansões do Lago e só andam em automóveis luxuosos as custas dos nossos impostos escorchantes e de dinheiro não contabilizado, coisa jamais feita antes na história desse país por qualquer partido político em campanhas eleitoraes. Chegaram esses mensaleiros, imagine, a pagar petralhas para votar a favor de projetos do governo petralha! Um descalabro!
          Nas boas priscas eras, gente de bem, altas patentes e
          PhDs de bons governos ocupavam legitimamente esses imóveis e tinham umas poucas regalias mas tudo com simplicidade e moderação, sabemos da pobreza extrema por que passaram e passam hoje ex mandatários do bem e seus ministros, como ex-presidentes do BC que vivem em visível modéstia, ex-ministros da fazenda, quase-pobres (aarrrggghhh, perdão pela má palavra!) e outros remediados como os ex-integrantes das boas ekipeconômicas de outrora.
          Já o coisa ruim, o chefão, o Ali-Babá de 9 dedos, o 666 de Garanhuns, o Chefe do Renan, vive nababescamente, como um dos homens mais ricos do mundo, provado pela Forbes, em seu palácio em Saint-Bernard Sur Les Champs, administrando sua fortuna no exterior, seus latifundios que o MST não invade, e seus imóveis em Paris, Genève e N.Y.
          Vamos desmascarar estes amantes de petralhas que veem e propagam as tais freiras virgens em bunkers (não seria Gulacks?) soviets.
          Seja pois bem vindo!
          Anauê!

          1. Distincto Pharaó,

            Mais uma vez quero parabenizá-lo por tão didática exposição.

            Creio que até mesmo o meu sobrinho de 6 anos de idade já entendeu o que Vossa Mercê se esmera em explicar.

            Se este Phabrício ainda não entendeu só pode ser porque ele é um homem de bens de nascença, e, assim sendo, absolutamente nada o fará mudar de ideia, a não ser um cargo de deputado pelo partido privatizador da República, do tipo de chefe de família que vende os móveis e utensílios da casa e deixa mulher e filhos ao Deus dará.

            Anauê!

      2. Caríssimo Faraó,
        Após estas explicações, verdadeiros desenhos para alunos do ensino fundamental, impossível “fabriciar”, não é mesmo, senhor Márcio?

    4. Confrades, Nobre Pharaó Enfaixado:

      A saga dos Fabrícios ataca novamente nosso sanctun lócus.
      Triste sina a nossa: mostrar aos homens e mulheres deste bananal a senda do bem!
      Depois de anos de trabalho nosso aqui, ainda aparecem os Fabrícios.
      Mas, como já disse a Frei Sifrônio, esse destino é nosso: levar o lume às mentes mais ignaras.
      Meus sais.

    5. E os votos de 11 senadores do p.s.d.b. foi por “orçamentância”. Como questiona o reinardo de dois corgos: pra que serve o p.s.d.b.?

  8. Excelente Ramses II, magnífico post. Pergunto à vossa sapiência milenar : além de degustador de velosos, não o cozinheiro que ama o neto, aquele que herdou a capitania hereditária da Bahia de todos os Bocas-de-pamonha-mal-costuradas. Dizem que, agora, o mequetrefe tem o poder de ameaçar, nós, homens e padres de bem, fazendo com o gurgel, o mesmo que fez com a Mônica. É o fim de uma era de pax imprensa.

  9. Nobilíssimo Pharaó,
    Entende-se as razões da pungência civillização egypcia. A sabedoria é o combustível do successo.
    Suas matherias contundenctes vão ao cerne da questão. Renan é só o peão. O retirante é que é o chephão.
    O congresso está numa phase adolescencte, provocando a liberddade de imprensa e haverá de arcar com as consequências na casa democrática da justiça, onde separa-se os poderosos dos não poderosos. E esses rompantes de rebeldia levam à eleição do que já phoi bom, agora é apenas mais um corrupto.

    http://c7.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/B95065860/7850775_nyWdz.jpeg

    1. Nobre confrade

      Excelente texto, quero dizer, uma verdadeira provocação.

      Não esqueçamos jamais esse dia quando graças ao nefasto de garanhuns o povo teve o direito de comer.

  10. Eterno Ramses II,

    Diz o ditado popular que “se Deus desse asas às cobras, lhes tiraria o veneno”.

    Mas nesta sua postagem eu pude claramente perceber que o Excelentíssimo Pharaó, se serpente fosse, teria feito cair por terra este mito tão antigo como a sua própria pessoa.

    Tivestes uma visão de lince; tivestes as asas de uma águia e tivestes, ainda, o veneno letal dos tucanos.

    Além da postagem, muitíssimo bem elaborada, teve também uma pérola de ilustração em 02 de fevereiro de 2013 at 19:12.

    Além de uma serpente com asas, veneno e excelente visão, Vossa Excelência se revelou um perfeitíssimo desenhista.

    Alvíssaras!

  11. Essa não posso deixar de repassar – do blog dos Amigos do Presidente Lula: “No Jornal Nacional Aécio apresentou-se como se estivesse apoiando Taques. Nos bastidores entregou o jogo a Renan, naquele melhor estilo de jogo combinado entre compadres, para garantir o estratégico controle do cofre do Senado para os tucanos, coisa que prenuncia ser de grande valia no financiamento da campanha de 2014 além de “otras cositas más. A TV Senado pegou em flagrante o tucano dando um caloroso abraço no vencedor Renan Calheiros (PMDB-AL)”. Como uma imagem vale mais do que milhões de palavras, vejam a “decepção” do tucano com a eleição de Calheiros: http://www.senado.gov.br/noticias/TV/default.asp?IND_ACESSO=S&cod_midia=218527&cod_video=213026

  12. Colendos,
    grata pela possibilidade de meu ter meu debut neste sítio para tratar deste famigerado assunto. Doravante, frequentarei sempre estas terras, terras estas que, espero eu, não venham a ser atingidas pelas versões virtuais de simpatizantes do Movimento Without Terra. Antes, contudo, teço poucas linhas a meu respeito. Tenho uma mancha negra avermelhada em meu passado, devo confessar. Antes dos 18, votei no çidadão dos 9 dedos. Nada como o tempo para apagar rebeldias insensatas, juvenis, tks God. Hoje, resta-me erguer o aríete para demolir argumentações rubras, que não se sustentam, posto que baseadas no populullismo, termo muito bem cunhado outrora. Retornarei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.