E o Brasil afunda na crise econômica

Já falido, perdido e caído, o país naufraga nas profundezas abissais da crise mundial puxado pela inépcia de Dilma e sua camarilha petista de usurpadores seniores, enquanto as famílias brasileiras são aviltadas pelo monstro da mega inflação, que transforma a luta pela vida cotidiana em  uma batalha feroz pela sobrevivência em meio a carestia e ao desabastecimento.

Dona de casa
A dona de casa já não tem ânimo para enfrentar os altos preços na feira

Não obstantes os alertas e conselhos dos grandes jornalistas econômicos da nação, que o (des) governo faz questão de ignorar, a equipe financeira marxista, liderada por G. Mantega, parece gerir a economia marciana, tamanho são os desencontros e os desacertos, como por exemplo a última ação imbecil de baixar vigorosamente os juros quando todos sabem que deveriam subir, para assegurar a realização dos lucros dos investidores, firmando a credibilidade do BC frente ao mercado internacional.

worry woman
O consumidor já perdeu a paciência com a escalada inflacionária

As medidas protecionistas socialistas não tardam a proliferarem sobre a livre empresa nacional e internacional, demonstrando mais uma vez que a usurpadora mor reza na cartilha do esquerdismo atroz, além do IPI para carros logo sobretaxarão os jatinhos, iates, e helicópteros, num sujo jogo de afrontar os direitos humanos dos homens de bem. Estas medidas terão impactos direto sobre a livre concorrência e são medidas protecionistas, sem dúvidas e ferem as regras da Organização Mundial de Comércio, que proíbe que o produto estrangeiro seja discriminado nos impostos locais.

MLind
A brilhante jornalista Míriam Leitão foi a primeira a defender a ação da OMC contra as barbaridades protecionistas do governo Dilma

Com a insanidade dominando o Banco Central, as atividades econômicas perderam mais um referencial válido para se defender da má administração pública, restando   aos empresários e aos capitães de indústria apenas os abalizados conselhos e comentários dos bons profissionais da imprensa especializada que diuturnamente apontam  os erros  e as soluções para resgatar o Brasil dessa maluquice toda que é o governo dos representantes da gentalha. Menos mal.

 

Facebook Comments
Compartilhar

44 comentários sobre “E o Brasil afunda na crise econômica

  1. O Conde De Fecou faz saber a todos que está convocando uma vigília cívica a fim de pressionar o governo da usurpadora búlgara; é necessária a troca urgente do senhor Mantega pela economista do Bundinha Brasil,Míriam Leitão, pessoa de benz e altiva intelectual da famiglia Marinho !

    Junte-se a nós !

    1. Esta resposta é para o Conde e pros demais confrades. Simplesmente magníficos. O post de Mestre Hari e os comentários hoje tão com a corda toda. Stand Comedy(é assim que escreve?) perde longe. Vão ter imaginação assim lá na……Caverna do Ostracismo.

      Parabens a todos!

  2. Columbiauniversitariano Mestre.

    Sejamos breves: Leitão é a solução!

    O mais é entregar o Brasil, definitivamente, à sanha destruidora do lullodilmismo.

    1. Profético confrade Sá & Benê,

      Caso seja Serra serrado, Leitão é solução (soluço extraordinariamente sonoro).

      A nós, homens bons e de bens, resta apenas migrar para Maiami e por lá participar da festa do chá. Este bananal afundará cada vez mais no fétido pântano do comunismo desmindinhado orientado por Cuba e Ping&Pong, Yn & Yang, não lembro bem.

      Saudações serapiônicas.

  3. Professor Hariovaldo, esse post tá parecendo um autêntico editorial daquele jornal que foi contra a abolição da escravatura e último reduto dos homens brancos, bons e de benz, o Estado de São Paulo.

    Que orgulho de fazer parte desta confraria, reduto de amantes da ditabranda, ó bons tempos!

  4. Honorável professor doutor comendador e demais títulos de nobreza que vossa pessoa merece, tenho a dizer:
    Ouvi, vi e li os comentários de um ex-ministro, de um jornalista e de um político, todos ligados ao nosso Instituto dos Homens Cheirosos (IHC), que o mercado (abstrato?) deveria ser avisado na sexta-feira das medidas econômicas que esse governo comuna tomará na segunda para preservar ao santo direito aos lucros dos bons jogadores do mercado (abstrato?).

  5. Mestre
    Acho que houve um leve equívoco na segunda photographya. Aquele ser nauseabundo é a dona de casa ou o feirante? Se a for a dona de casa, além de pobre, ateu, comunista, é homodepravado. Arg…

    1. Mestre
      O meu comentário ficou sem sentido.
      Aviso aos confrades e principalmente aos fabrícios que antes da moça da primeira foto, havia a foto de um afro-descendente feio, malvado e comunista.

  6. Professor, que maravilha ler artigo tão lúcido. Esses canalhas estão acabando com a imagem do país que tão bem cultivada foi até 2002: um país que entregava o que prometia. Tenho fé que a excelente imprensa econômica, comprometida com o interesse nacional, há de cercear esses ataques contra os homens bons.

  7. Estimado Professor, portador inato de todos os títulos nobiliárquicos existentes e que venham a existir, peço um mísero segundo de sua atenção.
    Há algo de podre no reino da França. Uma fundação e um instituto de menor vigor, praticamente desconhecidos, la Fundación Nacional de Ciencias Políticas de Francia y el Instituto de Estudios Políticos de París planejam, de forma solerte e insidiosa vilipendiar o título de doutor honoris causa, laurenando o ignoto, ignaro e digitalmente prejudicado escravo Luis Inácio L*** da Silva.
    E me ensurdece o silêncio dos homens de bem e de bens nessa sua página. Parece que o assunto passa despercebido? O filho-do-tinhoso recebendo honrarias destinadas, exclusivamente, aos isentos do IR por viverem no Paraíso (fiscal)?
    Peço-lhe, genuflexo como estou, que discorra sobre esta noticia.

    1. Calma, muita calma nessa hora!
      O nosso ex e, atualmente, doutor honoris causa multiplex não deve lhe tirar o sono (por enquanto). Apegue-se a assuntos mais relevantes e infinitamente mais agradáveis, deste que aquecem a alma e trazem bons sonhos:

      “ONU reconhecerá que Roberto Justus é lindo.
      QUINTA AVENIDA – O publicitário Roberto Justus, cujas feições apolíneas são hoje uma das principais atrações turísticas do Brasil, entrará com um requerimento junto a ONU solicitando que a organização reconheça o estado transcendental de sua beleza. “Será um passo importante para que o país assuma de vez um lugar de destaque no concerto das nações”, disse o airoso apresentador de O Aprendiz à jornalista Cristiana Lobo, que logo em seguida se atirou da janela fulminada pela paixão.
      Justus sustenta que o conjunto de seus atributos forma um dos mais ricos patrimônios estéticos da humanidade. Além do rosto harmonioso, dos cabelos de um acaju dolorosamente sensual e da voz maviosa, Justus também é conhecido pelo seu raciocínio ágil e wit ferino. A Ban Ki-moon, Secretário-Geral da ONU, Justus teria dito, em troça de raro espírito: “Caso o senhor acate meu requerimento, passarei a chamá-lo de Ban Ki-sun”. O sutil jogo de palavras causou hilaridade incontrolável nos cinco membros do Conselho de Segurança, que pela primeira vez se irmanaram num elogio sem reservas ao belo brasileiro.
      Ao ser informada do chiste, a chanceler alemã Angela Merkel sentiu palpitações e foi ao chão, tendo de ser reavivada com sais aromatizantes. Ao acordar, disse: “Ich liebe dich”. Em gesto que muitos consideraram quase letal pela potência erótica, Justus cravou os olhos na líder alemã e prorrompeu numa interpretação sublime de Can’t Get My Eyes Off Of You. Ao terminar, recebeu a Baviera de presente.
      Em Los Angeles, o arquiteto Frank Gehry apoiou a moção, declarando que, no momento, não há no mundo estrutura mais ousada do que o topete de Roberto Justus.”
      (http://revistapiaui.estadao.com.br/blogs/herald/internacional/onu-reconhecera-que-roberto-justus-e-lindo)

      Isto sim, é que é noticia!

  8. Nobre Conde de Fecou,
    Peço vênia para uma singela correção: Não se trata de Mantega e sim de nauseante margarina, aliás nem isso, trata-se de um ácido graxo rançoso, mal cheiroso, hidrogenado em fabricas clandestinas da Coréia do Norte.
    Tivésse nosso Prínce dos Sociólogos aumentado o IPI sobre produtos estrangeiros (mal)industrializados, estaríamos, quiçá , livres desse veneno que infarta os imaculados corações dos ínclitos homens do Mercado.

  9. Nobre Professor Hariovaldo e demais Nobres que professam a filosofia hariovaldiana.
    Venho, humildemente, por meio desta, socicitar o aceite de minha pessoa nesta nobre confraria.
    Sou oriundo do selvagem e inóspito norte do país, e apesar de minha alva tez, carrego comigo a origem indígena.
    Tenho sob minha posse apenas um automóvel um-ponto-zero e um casebre comprado em mil prestações pelo sistema habitacional do governo. Pecúnia, confesso que apenas alguns trocados.
    Ainda assim, peço que me aceitem em vossa luta contra o comunismo ateu, não como um dos nobres capitães que sempre comentam aqui, mas como reles soldado raso.
    Aguardo ansiosamente vossas respostas.
    P.S. Aceito ajuda para combustível e vale-refeição.

    1. Prezado Fabão,

      Nas horas de dificuldade, qualquer ajuda é benvinda.

      Infelizmente, todavia, contudo, sua declaração de renda parece inadequada aos parâmetros mínimos aceitos como aceitáveis por esta Confraria.

      Esperamos, no entanto, que ao reconhecer Hariovaldo e se juntar a Ele, São Serapião há de mostrar-lhe o caminho da prosperidade.

      É de capital importância o exercício da humildade e a demonstração de posses, sendo que esta última condição ser-lhe-á difícil por enquanto, mas somos pacientes.

      Para satisfazer pelo menos a primeira, talvez o senhor possa aliviar de seus parasitas o sr. Cachorrinho Pulguento, um comunista boa praça que trafega por aqui, democratas que somos.

      Após, estaremos passando-lhe os passos iniciais de passagem para esta Comunidade Serapiônica, os quais incluem alguns suaves suplícios e auto-flagelações.

      Quanto a vales diversos e bolsas-esmolas, nem pensar.

      Que o manto de Balaguer lhe aqueça nessas frias noites do Norte.

    2. Caro Fabão sem sobrenome,

      É certo que não desprezamos os de origem ameríndia, desde que de bom coração, como o bom silvícola Índio da Costa.

      Também aceitamos os oriundos do longínquo e abandonado norte, como o nosso eterno senador Virgílio.

      O que lhe reprova já na entrada é o vosso desprovimento de posses. Não aceitamos em nossas fileiras oriundos da gente diferenciada.

      Ainda assim, persevere em vossas ginuflexões, no uso do cilício, do flagellum e do constritor escrotal. Lendo sempre as epístolas do mestre Hariovaldo, publicadas nesse sacrossanto espaço.

      Só assim obterás uma mente sábia o bastante para auferir a renda
      necessária para que sejas mais um cruzado hariovaldiano.

      Que São Serapião te abençôe e te tire desta penúria!!!

      1. Caro Tuxaua.

        Vejo que chegaste a pouco de fora, o que, na vossa condição de silvícola, não é nenhuma novidade.

        Apesar de padre, acredito que a única forma de resolver vossa situação de penúria serias procurar imediatamente, hoje mesmo, uma IURD. Quem sabe, participando de uma dessas correntes, fogueira santa, 318 pastores, etc, possas, assim como aqueles que fazem depoimento, enriquecerdes, comprar carro zero importado, mansões, etc. Ou não. Quem sabe saias de lá mais pobre ainda. O problema é ter fé. Alguns fé demais, outros fé de menos.

        Saudações!

    3. Na qualidade de quem já frequenta este espaço, mesmo que na condição de semifabrícia, prometo interceder ao máximo para que lhe concedam o auxílio combustível e o vale refeição que reivindica (só não vou poder exigir que seja tão generoso quanto o que o estado concede aos professores) Mas para tanto, gostaria que começasse explicando porque o Jornal Nacional agora há pouco, numa matéria de mais de cinco minucosos sobre mais uma premiação do mesmo com o “Oscar da TV”, comentou sobre os critérios e os juizes dessa premiação serem totalmente conhecidos do público. Isso logo em seguida de uns poucos segundos em que fez um comunicado sucinto sobre Lula ter recebido o título de Doutor Honoris Causa na Science Po. Teremos que pedir a intercessão de São Serapião para que Deus perdoe os doutores de universidades francesas bem como o presidente Sarkozy -- que foi receber Lula na porta! -- pois talvez eles não sabem o que fazem?

    4. sr. fabão,
      concordando com o que disseram nossos amados próceres o bão e o santo padre quevedo,
      me atrevo a dizer:

      alvissaras!!!!!!
      o senhor já está PREPARADO!!!!!!!!!!
      UMA FORÇA MAIOR O TROUXE AO MESTRE HARI!
      alvissaras duplas!!!!!

      não se avexe por seu possante ser apenas um ponto zero,
      não importa o tamanho do canhão,
      importa o estrago que ele faz!

      persevere, insista, não desista.
      iguale-se aos bons e logo seras um deles.

    5. Senhor Fabão .
      Toda a ajuda é bem vinda no combate ao comunismo , já que o senhor deseja engrossar as fileiras deste exercito de salvação nacional , e ademanes ter uma mão amiga para carregar as bagagens do oficialato durante a guerra é muito valiosa .
      Porém existem algumas regras a seguir , são simples , como por exemplo fazer a leitura semanal da bíblia do homens bons ( a Veja ) , recitar cinco vezes por dia o mantra : Serra é do bem , lembre-se de estar voltado para o north ao realizr tal ação , pois é lá que fica a Meca dos homens bons , mais precisamente em Washington .Fazer orações diárias a São Serapião , São Josémaria Escrivá , Balaguer , Torquemada , Pinochet e São JP II . É claro que estas orações devem ser feitas de joelho sobre as tampinhas de crush com as bordas cortantes para cima , além é claro de usar constantemente o constritor escrotal , o cilício e o flagélo .
      Mais uma coisa ,caso o senhor tenha o sobrenome ( blearg ) Silva , abster-se de usar tal nome , pois tal nome nos trás a lembrança certa figura que ocupou recentemente o Planalto e nos causa urticária ao ser lembrado .
      Portanto seja bemvindo , sinta-se em casa e pegue uma vassoura pois a batalha vòs espera .

    6. Sr. Fabão
      A primeira condição para seguir Hariovaldo nesta empreita laboriosa contra o comunismo ateu é ter um sobrenome. Sugiro que troque seu nome para Dom Fábio de Bragança.
      Quanto à sua etnia não há problema, pois eu também sou descendente de silvícola (caboclo) e Hariovaldo até o momento não me expulsou da confraria.
      O grande problema é a sua condição financeira. Mas creia que só pela sua conversão à fé serapiônica, as portas da riqueza já estão abertas. Seja bem vindo. Alvíssaras.

  10. Grande mestre das aplicações financeiras,

    Essa Grobu não esconde a inveja e a dor de cotovelo da Dilma.
    Afinal a Dilma é dinamite e a urubóloga é carniça.

  11. O castigo dos céus desaba sobre as nações que abraçaram o credo de Satanás, na forma de regimes comunistas ateus e hereges. Vejam vós o que acontece na Argentina! Um pedaço da ira do Senhor caiu sobre aquela portenha nação, que se encontra enfermo em sua alma, depois de ter caído nas garras malditas do casal satânico. Sua sombra sombria palmilhou as terras de uma terra outrora temente aos ensinamentos do Senhor, mas ouviram o melífluo canto do Enganador.
    Não vos enganeis, pois o Anticristo despejará sua peste sulfúrica da danação das almas, e nações que acompanharam o descaminho portenho também sucumbirão, e as profecias são claras: cairá a Bolívia, cairá a Venezuela, e o Perú, bem, este apodrecerá e cairá.
    Ora, que Satanás se borra!

  12. Prezadíssimo Hariovaldo,

    Leio enlevado seus textos, forma e conteúdo exemplarmente ajustados.

    A satisfação é grande.

    Hoje, Mestre, não foi diferente. Ao esmero da linguagem e à transtornante beleza das damas fotografadas, somou-se a argúcia do arrazoado.

    Mais do que nunca, ao lê-lo, vi-me em porto seguro, novamente.

    Congratulações pela luta contra os opressores vermelhos.

    Não amarelaremos, Guia amantíssimo!

  13. Enquanto isso nosso eterno Presidente Lula !!!!!!!!!!

    E MAIOR ESTARDISTA DO PAÍS

    Lula recebe título de Doutor Honoris Causa do Sciences Po

    Terminou a transmissão ao vivo pela internet.

    O presidente Lula é a 16ª personalidade – e a primeira latino-americana – que receberá esse título de Doutor Honoris Causa do Instituto de Estudos Políticos de Paris – conhecido como Sciences Po, desde a fundação da instituição, em 1871.

  14. tio hari,
    com a sua benção, vou fazer um copi-cola da foto da catedrática dona miriam e usar como fundo de tela no meu pc.
    a intenção é afastar os ladrões.
    com essa foto não hão de querer essa geringonça.(o pc, não nossa doce mirian)
    se for proibido por conter direitos autorais, por favor me avise a tempo.

  15. Eu sempre disse e vou continuar repetindo: serra é 45. Só ele com seu vasto conhecimento sobre economia, econometria, com sua marota honestidade e seu valor patriótico, poderá nos salvar.

  16. Eu já tinha previsto que nada ia dar certo, que tudo ia ser feito no afogadilho, que faltou fazer a lição de casa, que a imagem do BC foi arranhada e que todos nós analistas do mercado fomos surpreendidos negativamente.

  17. Miriam Leitão e Sardenberg, dois grandes baluartes do jornalismo econômico/financeiro/apocalíptico estão organizando um movimento pró-inflação.
    Querem, como todo o povo brasileiro, a volta da alta da Selic. E garantem que não trabalham para os rentistas. Não recebem nenhuma comissão para brigar pela volta da alta da Selic.
    E, para que a Selic volte a patamares estratosféricos, faz-se necessário o retorno da inflação. De preferência nas alturas.
    Pois, que venha o dragão da inflação para fazer a festa dos rentistas.
    E que não se esqueçam -- embora eles recusem -- da comissão dos dois grandes baluartes no jornalismo catástrofe.

  18. ECONOMICISTA E ECONOMÉTRICO DA ESCOLA MALTHUSIANA, MESTRE PROFESSOR HARI PRADO.

    Como o assunto, Economia vem a calhar, peço permissão para mais uma humilde colaboração que apanhei, um dia deste, quando catequizava no morro. Tratá-se do FUNK DO ECONOMISTA DOIDO. Acompanhem:

    FUNK DO ECONOMISTA DOIDO

    Autores: MC SPECULA e MC STAGFLAÇÃO

    SOM NA CAIXA DJ!!!!

    Coro inicial: As Preparada, as “Abcissa”, elas querem “açambarcá”………

    Chequei na “over night” prá dançá meu “monopólio”
    Encontrei todos os mano lá dançando “oligopólio”
    Falei então prá eles: monopólio é o que há
    Mas eles me mandaram, lá na “Bolsa” passeá
    Falei que o “câmbio” hoje, não era pra amador
    Eles então retrucaram: só se for investidor

    Ei Lord Keines! Me ensina, por favor
    Você que é “insider”, com que juro é que eu vou?
    Se for “prefixado”, cê não acha que é roubada?
    Mas se for “juro futuro”, aí sim, não é barbada?
    Certo, o Know-How tá com você: Dr. Adão.
    Me diz então Smith, e a “maxidesvalorização”?
    Tenho medo, pois sei que meu “market share”
    Ta mais prá baixo que uma paraguaia “off-shore”

    Coro do meio: Vai popozuda, Vai, Vai, mexe com o oligopsônio
    Que eu tô de olho no seu “swap” e no seu patrimônio

    Cheguei na “over night” com a cabeça cheia de “warrant”
    Pro garção não tem problema pois eu só “Pay in open account”
    Entrei então na farra prá ver se investindo eu conseguia
    Pegar uma “cachorra”, sua poupança e mais valia
    Ela gostou e espantada comentou: o seu PIB tá crescendo?
    Tá…………..Tá………… o meu PIB tá crescendo.
    Antes era PIB nominal, agora vê? É PIB do real.
    Falei então prá ela: cê não quer ir ali na previdência privada?
    Ela retrucou, na previdência privada eu só me dou mal
    Pois ficamo só no balanço, eu fico com o líquido e com o brutal
    Falei então prá ela: deixa de manha e de dar faniquito
    Pois nesse negócio de balanço, você é mestre e coisa e tal
    Volte pro seu canto que eu vou investir agora é na âncora cambial

    Voltei prá casa tarde, só pensando na “asset alocation”
    Perdi tempo e dinheiro naquele antro e naquele pregão
    Sofri ataque especulativo e todo tipo de apregoação
    Mas se pensam que eu sou ingênuo nesse tipo de adjudicação
    Podem tirar o horse of rain, pois comigo não tem amortização

    Alvíssaras!

  19. São Paulo phode mais (perdoem meu teclado que anda soltando estes hagás sem mais nem menos). Confrades, em contrapartida a tantas más notícias, algo se salva: a educação de nossos jovens está garantida, terão renovados no ensino público de SP, as grandes publicações da proba imprensa :
    Eis os contratos, datas e seus valores, de acordo com o Diário Oficial:

    A -- 27/julho/2011 – Época
    -- Contrato: 15/00628/11/04
    -- Empresa: Editora Globo S/A
    -- Objeto: Aquisição pela FDE de 5.200 (cinco mil e duzentas) assinaturas da “Revista Época” – 52 Edições, destinados às escolas da Rede Estadual de Ensino do Estado de São Paulo – Projeto Sala de Leitura.
    -- Prazo: 365 dias
    -- Valor: R$ 1.203.280,00
    -- Data de Assinatura: 26/07/2011
    (*Primeiro comunicado no DO em 12/julho/2011)

    B -- 29/julho/2011– Isto É
    -- Contrato: 15/00627/11/04
    -- Empresa: Editora Brasil 21 LTDA
    -- Objeto: Aquisição pela FDE, de 5.200 (cinco mil duzentas) assinaturas da “Revista Isto É”, 52 Edições, destinados às escolas da Rede Estadual de Ensino do Estado de São Paulo – Projeto Sala de Leitura.
    -- Prazo: 365 dias
    -- Valor: 1.338.480,00
    -- Data de Assinatura: 25/07/2011.
    (*Primeiro comunicado no DO em 12/julho/2011)
    . C -- 3/agosto/2011 – Veja
    -- Contrato: 15/00626/11/04
    -- Empresa: Editora Abril S/A
    -- Objeto: Aquisição pela FDE de 5.200 (cinco mil e duzentas) assinaturas da “Revista Veja”, 52 Edições, destinados às escolas da Rede Estadual de Ensino do Estado de São Paulo
    -- Projeto Sala de Leitura
    -- Prazo: 365 dias
    -- Valor: R$ 1.203.280,00
    -- Data de Assinatura: 01/08/2011.
    (*Primeiro comunicado no DO em 12/julho/2011)
    .
    D -- 6/agosto/2011 – Folha
    -- Contrato: 15/00625/11/04
    -- Empresa: Empresa Folha da Manhã S.A.
    -- Objeto: Aquisição pela FDE de 5.200 (cinco mil e duzentas) assinaturas anuais do jornal “Folha de São Paulo”, destinados às escolas da Rede Estadual de Ensino do Estado de São Paulo – Projeto Sala de Leitura
    -- Prazo: 365 dias
    -- Valor: R$ 2.581.280,00
    -- Data de Assinatura: 01/08/2011.
    (*Primeiro comunicado no DO em 23/julho/2011)
    .
    E -- 17/agosto/2011– Estadão
    -- Contrato: 15/00624/11/04
    -- Empresa: S/A. O Estado de São Paulo
    -- Objeto: Aquisição pela FDE de 5.200 assinaturas anuais do jornal “O Estado de São Paulo”, destinados às escolas da Rede Estadual de Ensino do Estado de São Paulo – Projeto Salas de Leitura.
    -- Prazo: 365 dias
    -- Valor: R$ 2.748.616,00
    -- Data de Assinatura: 01-08-2011.
    (*Primeiro comunicado no DO em 23/julho/2011)

    Tudo sem licitação, sem concorrência. A informação nossa de cada dia está garantida na locomotiva.

    1. Ilustre Padre,

      Na qualidade de leitor da Veja devo manifestar o meu integral apoio à aquisição de 5.200 assinaturas da revista para a rede pública de ensino em São Paulo.

      Nenhum projeto educacional sério pode prescindir dessa publicação, um ícone da cultura ocidental.

      Na minha maneira de entender todos os participantes do bolsa família deveriam receber também um “vale veja” para adquirir um exemplar da revista. Seria uma forma de levar cultura e informação e ao mesmo tempo desviar esse povo do caminho da perdição representado pelo lulismo.
      .
      Se Deus quiser, chegaremos lá.

  20. Mestre Hari, prosélitos Confrades.

    Mais uma vez Mestre temos uma aula de economia vinda de Vossa Mercê. Vós, por certo, deveis ter sido Professor do Milton Friedmann, Hayek, Mises e, quem sabe, de Adam Smith.

    Estás mais do que certo: estado mínimo para a choldra, estado máximo para os homens de benz.

    MAS, apesar da búlgara escarlate praticar uma rubroeconomia nós, homens bons, temos nossas off-shores em paraísos fiscais, e podemos comprar nossos modestos jatinhos por lá, com total isenção fiscal. Quanto aos carros? Quem é que quer andar de carro em um país no qual qualquer assalariado compra um 1.0 a prestações a perder de vista? O trânsito, caro Mestre, nos obriga a usarmos nossos helicópteros nas grandes metrópoles.

    Meus sais…vou rezar uma novena a São Serapião.

  21. Mestre Harí .
    Brilhante post , acho inclusive que a ABL cometeu uma grande caga… digo injustiça ao laurear o aprendiz Merval no lugar do mestre , neste caso o senhor .
    Porém voltando ao assunto , eu vos suplico que seja mais didático , pois entre as tres criaturas que aparecem ilustrando o post não dá para saber quem é a inflação , a recessão e o desemprego .

    1. Vetusto Sr. Mello Rego,
      Parece que na França( ah , estes franceses petulantes..) acabam de homenagear o unhento de nove dedos com um título Honoris Causa!
      Deixaram de lado nosso cheiroso e laureado príncipe THC, nosso indômito Merdal Pereira…
      Dai-nos um caminho, confrade Mello Rego !
      Francamente, estou em lágrimas !!!

  22. Imagine, Mestre Hari! Se com uma crisesinha, mixuruca, dessas em âmbito internacional, o Brasil já se encontra afundado, o que aconteceria se uma crise de verdade, tais como aquelas que varreram o mundo durante o reinado de nosso sorboníssimo professor FHC, ocorresse agora?

  23. Tô entrando aki pela prima vez. Tô procurando a saída. Voces podem me ensinar? Eu sinto esse “branco” toda vez que entro no nosocômio pra visitar alguém. ajuda eu jente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *